Primeira liga

24-05-2017 15:24

Presidente do Tondela diz que 'não há grandes dúvidas' sobre a continuidade de Pepa

Sobre o plantel para a próxima época, o presidente ‘auriverde’ escusa-se a dar grandes pormenores, já que ainda estão "a festejar".
Presidente do Tondela:
Foto: SAPO Desporto

Presidente do Tondela diz que 'não há grandes dúvidas' sobre a continuidade de Pepa

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Tondela, Gilberto Coimbra, avançou hoje que "não há grandes dúvidas" sobre a continuidade de Pepa no comando técnico dos ‘auriverdes’, que conseguiram assegurar a manutenção na última jornada da I Liga portuguesa de futebol.

No final da receção aos jogadores, equipa técnica e dirigentes no salão nobre da Câmara de Tondela, em reconhecimento pela permanência do clube na I Liga, Gilberto Coimbra disse aos jornalistas que a estratégia do próximo ano passa por fazer pontos o mais rápido possível, para que o sofrimento não seja tanto.

"Temos de fazer pontos o mais rápido possível e temos de puxar um pouco mais pela sorte. A solução, e não há poções mágicas, são os pontos e a sorte a acompanhar", acrescentou.

Sobre o plantel para a próxima época, o presidente ‘auriverde’ escusa-se a dar grandes pormenores, já que ainda estão "a festejar".

"A partir da próxima semana vamos começar a trabalhar sobre a próxima época, a estruturar a equipa, porque não era falta de qualidade, mas sim de dar alguma maturidade", destacou.

Questionado sobre a continuidade no Tondela, Pepa confirmou que há vontade das duas partes.

"A vontade é dos dois lados, por isso, é uma questão de nos sentarmos e arregaçarmos as mangas, porque temos muito para trabalhar para não voltar a acontecer o que aconteceu. Já estamos a trabalhar, tem que ser, os festejos são um dia ou dois e depois temos de trabalhar muito", evidenciou.

Quanto ao plantel para a próxima temporada, Pepa apontou que tem de ser "mais equilibrado", admitindo as dificuldades que a sua equipa encontrou no setor avançado.

"Praticamente não tínhamos ponta-de-lança, verdade seja dita. Tivemos muitos jogos sem opções, é uma realidade, e é isso que queremos que sirva de lição e não vai voltar a acontecer esse tipo de erros", sustentou.

Pepa disse ainda que quanto mais jogadores ficarem desta época para a próxima, "mais fácil fica a adaptação de quem chega".

"E a continuidade do trabalho é isso. É o básico e, às vezes, as coisas mais simples são as melhores", concluiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma