Primeira Liga

24-05-2017 22:18

Luís Filipe Vieira revela o seu "porto de abrigo"

Presidente do Benfica deixou palavras de apreço na homenagem em que recebeu uma medalha de mérito.
Lu

Luís Felipe Vieira

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, foi hoje distinguido com a medalha de mérito desportivo pela junta de freguesia de São Domingos de Benfica, local que classificou como "porto de abrigo".

Foi uma cerimónia muito concorrida e que contou em peso com a presença da direção do clube ‘encarnado’ e da respetiva SAD, assim como do técnico Rui Vitória e do ‘capitão’ da equipa de futebol, o brasileiro Luisão.

Fernando Medina, presidente da autarquia lisboeta, também fez questão de marcar presença nesta cerimónia, que teve como principal anfitrião António Cardoso, o presidente da junta de freguesia local.

"Quero salientar a abrangência desta distinção e o reconhecimento de uma personalidade que nasceu e cresceu no Bairro das Furnas, aqui em São Domingos de Benfica", começou por dizer António Cardoso.

O autarca salientou a forte ligação desportiva de Vieira ao bairro lisboeta, onde ainda tem muitos amigos de infância. "Criou um clube, o Leões das Furnas, e edificou o novo Estádio da Luz numa altura em que o clube passava por muitas dificuldades. E convém não esquecer que o Benfica nasceu na freguesia de São Domingos”, salientou.

Por seu lado, Fernando Medina foi parco em palavras, devido à sua rouquidão: “O Benfica teve sempre a preocupação de servir socialmente a cidade de Lisboa. Com Luís Filipe Vieira, o Benfica tem uma história de credibilidade de uma instituição que contribuiu grandemente para a evolução da cidade de Lisboa”, sublinhou o presidente da autarquia lisboeta.

O homenageado não escondeu a emoção: “É muito difícil estar aqui a expressar o que sinto ao receber esta distinção. Nasci e cresci aqui perto, no Bairro das Furnas. E sinto muito orgulho ao ser distinguido desta forma pela Junta de Freguesia", disse, num discurso que teve de interromper por várias vezes, com a voz embargada pela emoção e com as lágrimas a marejarem-lhe o rosto.

“E é uma feliz coincidência que o Benfica tenha nascido nesta freguesia. A minha família e os meus pais também são daqui, pelo que este bairro sempre foi o meu porto de abrigo", adiantou Luís Filipe Vieira, que passou parte significativa dos seus 67 anos de vida em São Domingos de Benfica.

O líder do Benfica recordou ainda que o clube que lidera tem ajudado a projetar internacionalmente a cidade de Lisboa e Portugal.

Luís Filipe Vieira, que assumiu a presidência do Benfica em 2003 e cumpre o seu quinto mandato, admitiu que ainda não está cansado de ganhar, apesar de já ter conquistado seis campeonatos da I Liga, duas Taças de Portugal, sete Taças da Liga e duas Supertaças, em 14 anos.

“Temos outros desafios pela frente e queremos continuar a vencer. Na final da Taça de Portugal, frente ao Vitória de Guimarães (domingo, no Jamaor), pretendemos dar mais uma alegria aos nossos adeptos e associados", garantiu.

Sobre a equipa de futebol, Vieira disse que o treinador Rui Vitória "tem mais três anos de contrato e está super-feliz”, pelo que não está no horizonte do clube “a sua saída", admitindo ainda que podem sair do plantel que se sagrou recentemente tetracampeão da I Liga "um ou outro jogador".

Conteúdo publicado por Sportinforma