Primeira Liga

25-05-2017 13:20

V. Setúbal perdoa parcialmente dívida para recuperar sócios

Campanha pretende recuperar os sócios com quotas em atraso desde 2004, ano da última atualização.
Fernando Oliveira: %u201CN
Foto: DR

Fernando Oliveira, presidente do Vitória de Setúbal

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Vitória de Setúbal, da I Liga portuguesa de futebol, tem em marcha uma campanha que pretende recuperar os sócios com quotas em atraso desde 2004, ano da última atualização.

Além do perdão parcial da dívida, a iniciativa, que vai decorrer até 15 de julho, pretende também apurar o número efetivo de associados.

Sob o lema "Volta a vestir a camisola", o vice-presidente Luís Lourenço frisou hoje, em conferência de imprensa, a importância de proceder à atualização, lembrando tratar-se de uma promessa eleitoral do presidente Fernando Oliveira.

"É fundamental apurar a verdadeira dimensão do universo vitoriano. O clube tem 24 mil sócios e, destes, estão ativos 53%, ou seja, quase metade tem mais de seis meses de quotas em atraso. Até 15 de julho queremos recuperar muitos sócios que, por diversas razões, deixaram de pagar as quotas", disse.

Luís Lourenço lembrou as razões que estiveram na origem de muitas das desistências.

"A crise que assolou o país e a cidade foi determinante. Muitos deixaram de pagar as quotas devido a dificuldades e não por deixarem de ser vitorianos. Até agora, mesmo sem ter arrancado oficialmente com a campanha, já recuperámos cerca de 50 sócios. Alguns deles tinham emigrado", revelou.

Sublinhando o perdão parcial da dívida, o dirigente explicou as vantagens que os associados terão por regularizar a sua situação até 15 de julho.

"Em primeiro lugar, não perdem o seu estatuto de antiguidade na renumeração que vai ser efetuada. Para voltarem a ser filiados efetivos terão de pagar as quotas de 2017 e uma quota por cada semestre em atraso", anunciou.

Mónica Mandim, diretora da gestão de sócios do Vitória de Setúbal, revelou que a introdução dos novos cartões de associado vai permitir a introdução de um novo sistema de controlo de entradas no estádio do Bonfim na próxima época.

Conteúdo publicado por Sportinforma