V. Guimarães

04-06-2017 00:01

Júlio Mendes nega contactos por Pedro Martins

O presidente do Vitória de Guimarães, Júlio Mendes, afirmou hoje que o clube da I Liga portuguesa de futebol não recebeu, até agora, qualquer contacto para uma eventual saída de Pedro Martins.
Júlio Mendes
Foto: SAPO Desporto

Júlio Mendes

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Vitória de Guimarães, Júlio Mendes, afirmou hoje que o clube da I Liga portuguesa de futebol não recebeu, até agora, qualquer contacto para uma eventual saída de Pedro Martins, acreditando na continuidade do treinador.

O responsável máximo do emblema vimaranense salientou, à margem da assembleia-geral realizada no pavilhão desportivo do clube, que os rumores que associam o técnico ao Olympiacos, atual campeão da Grécia, são "ruído" que vai deixar de "fazer sentido" em breve, esclarecendo não ter recebido nenhum contacto até ao momento.

"O que eu posso esclarecer ao certo? Ninguém contactou o Vitória para nada. Esta é uma época fértil neste tipo de notícias, mas o Vitória nunca foi contactado para nenhum assunto relacionado com o treinador", disse.

O dirigente referiu que Pedro Martins "gosta de estar" em Guimarães e mostrou-se confiante que o técnico, responsável, na primeira época no clube, pelo apuramento para a fase de grupos da Liga Europa, após o quarto lugar na I Liga, e pela presença na final da Taça de Portugal (derrota com o Benfica, por 2-1), vai continuar, até porque só sai caso alguma oferta atinja a cláusula de rescisão.

"O nosso treinador já disse que ficava. Isso significa que o Vitória não abdicará da cláusula. Não sai ninguém do Vitória sem honrar os compromissos estabelecidos pelas partes. Há uma cláusula e é para respeitar", ressalvou.

Júlio Mendes avançou ainda que o clube está a "construir" já "há bastante tempo" uma "solução" para manter no plantel o defesa central Pedro Henrique, emprestado nas duas últimas épocas pelo Cianorte, clube do estado do Paraná, no Brasil, e o médio Hurtado, cedido na última temporada e meia pelo Reading, da II Liga inglesa.

O presidente vitoriano esclareceu, aliás, sobre o defesa brasileiro, de 24 anos, que as "negociações" já "começaram há meses" e estão "suficientemente consolidadas", dizendo igualmente que "nenhum clube" contactou a direção do clube com interesse no jogador.

O dirigente admitiu, porém, existirem "propostas" para "alguns" jogadores, mas realçou que a "estratégia" para a "construção do plantel para a próxima época" está "bem definida" e que o "desafio" do clube, em termos desportivos, será manter a "fasquia" atingida na época recentemente terminada.

"O difícil é manter as fasquias sempre que elas ficam altos. Vai ser um desafio interessante e enorme. Tudo faremos para conseguir mantê-la", concluiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma