Sporting

13-06-2017 22:52

Simões de Almeida: "Nunca percebi o que Octávio Machado fazia agora no Sporting"

Ex-dirigente do Sporting considera que Octávio Machado deve estar de saída de Alvalade.
Octávio Machado, Bruno de Carvalho e Jorge Jesus
Foto: JOSE SENA GOULAO / LUSA

Octávio Machado, Bruno de Carvalho e Jorge Jesus

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O antigo vice-presidente do Conselho Diretivo e administrador delegado da SAD do Sporting comentou esta terça-feira as recentes declarações de Otávio Machado sobre a sua possível saída da estrutura do futebol leonino.

Em declarações ao jornal O JOGO, Simões de Almeida assume que vê algumas semelhanças com a forma como Octávio Machado saiu do clube em 1998, e frisou que seria importante que o atual diretor-geral do Sporting explicasse as suas recentes palavras.

Recorde-se que Octávio Machado reagiu com duras palavras após a publicação de uma informação de que tinha enviado à SAD do Sporting uma carta de rescisão para abandonar o clube no final do corrente mês. "É um cobarde, sem-vergonha e que só tem prestado maus serviços ao futebol", disse o atual diretor-geral do Sporting em reação às informações veiculadas pela imprensa nacional.

Ora, para Simões de Almeida, responsável pela primeira passagem de Octávio Machado pelo Sporting de 1995 a 1998, a forma de atuação do dirigente leonino tem algumas semelhanças com a sua saída de Alvalade no final da década de noventa.

"Fui eu que coloquei o Octávio Machado como treinador quando saiu o Robert Waseige e na altura ele também deixou o clube chateado comigo. Mas estava enganado. Ele não sabia o que se passava", começou por dizer Simões de Almeida ao referido jornal desportivo.

"Não percebo se sai ou não... Diz que não, mas enviou a carta... É sempre assim, tem frases bombásticas e depois não se percebe o que diz ou a quem se refere. Fala em cobardes, é o discurso dele. Não vai mudar agora. Ele pensa que as pessoas sabem a quem se refere, mas não sabem. O discurso não me é estranho, mas ficamos à espera que ele explique", acrescentou o ex-dirigentes do Sporting.

"Nunca percebi o que Octávio Machado fazia agora no Sporting ou o porquê de o Jorge Jesus o querer lá, até porque queria na mesma um diretor desportivo. Deve ter falado sobre a saída com o Jorge Jesus. A situação de um não deve estar ligada à do outro", sentenciou Simões de Almeida.

Conteúdo publicado por Sportinforma