Futebol internacional

15-06-2017 22:32

Vendas milionárias do Benfica davam para fazer um onze de 300 milhões de euros

O jornal catalão 'El Mundo Deportivo' destacou as transferências do Benfica dos últimos anos.
David Luiz e Di María
Foto: ESTELA SILVA / LUSA

David Luiz e Di María celebram um golo pelo Benfica

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O volume de negócios do Benfica nos últimos anos despertou o interesse da imprensa espanhola pelos números que o clube encarnado apresenta, assim como pela qualidade dos atletas, que chegam à Luz por valores baixos e que depois saem por vários milhões.

Num artigo publicado no jornal catalão 'El Mundo Deportivo', a política de contratações do Benfica é analisada como sendo um caso de sucesso e dá vários exemplos de jogadores desconhecidos que chegam à Europa para depois serem valorizados no clube português, que depois vende-os por vários milhões de euros.

De acordo com as contas do referido diário, que se baseou nas vendas dos 'encarnados' a partir de 2010, o Benfica já lucrou cerca de 450 milhões de euros em transferências de jogadores, sendo que nos últimos sete anos poderia ter construído uma equipa de mais de 300 milhões de euros.

Ora, para o jornal catalão, a equipa idealizada do Benfica nos últimos sete anos seria constituída por Ederson (40 Milhões de euros); Fábio Coentrão (30 Milhões de euros), Lindelof (35 Milhões de euros), David Luiz (25 Milhões de euros), Matic (25 Milhões de euros), Witsel (40 Milhões de euros), Renato Sanches (35 Milhões de euros), Bernardo Silva (15 Milhões de euros), Gaitán (25 Milhões de euros), Rodrigo (30 Milhões de euros) e Di María 33 Milhões de euros).

Conteúdo publicado por Sportinforma