Transferências

23-06-2017 17:29

Mateus é o oitavo reforço do Boavista

O internacional angolano, que regressa a um clube que representou em 2007/08, fez 38 jogos pelo Arouca.
Mateus, do Arouca, tenta passar com a bola por Pedrinho, do Rio Ave
Foto: OCTÁVIO PASSOS

Mateus, do Arouca, tenta passar com a bola por Pedrinho, do Rio Ave

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O avançado angolano Mateus, de 33 anos, que na época anterior jogou pelo Arouca, assinou contrato com o Boavista por uma época, sendo o oitavo reforço ‘axadrezado’ para a temporada futebolística de 2017/18.

O internacional angolano, que regressa a um clube que representou em 2007/08, fez 38 jogos pelo Arouca, tendo marcado três golos na I Liga.

Esta semana, o Boavista anunciou as contratações do guarda-redes suíço Raphael Spiegel e do defesa central francês Stéphane Sparagna.

Spiegel, de 24 anos e 1,96 metros, é internacional, assinou por três temporadas e fez parte da sua formação no Grasshoppers, clube da primeira divisão suíça.

"Desde 2012 que representava o West Ham, no qual foi campeão da ‘Premier League’ sub-23, assumindo-se como um dos guarda-redes mais promissores da Europa", salienta o Boavista.

Pela seleção do seu país, Spiegel ganhou o Mundial de sub-17, disputado na Nigéria em 2009.

O central Sparagna, de 22 anos e 1,86 metros, ex-Auxerre, assinou por três anos com o Boavista.

Trata-se de um jogador formado no Marselha, clube pelo qual fez 18 jogos, e que na época passada esteve, por empréstimo, no Auxerre, da segunda divisão, onde foi "um dos jogadores mais utilizados, com 33 jogos", refere o Boavista.

Antes de Mateus, Spiegel e Saparagna, o Boavista já havia assegurado para 2017/18 o médio espanhol Rodriguez (ex-Wellington Phoenix), o defesa esquerdo Vítor Bruno (ex-Feirense), o guardião brasileiro Assis (ex-Leixões), o central brasileiro Rafael Rossi (ex-Swindon Town) e o médio Aymen Tahar (ex-Gaz Metan, da Roménia).

A Boavista SAD, entretanto, anunciou também hoje que "chegou a acordo com os atletas Digas [Diogo Caldas Marques] e Mohamed Daf para formalizar uma rescisão amigável".

Digas, um extremo, chegou ao Boavista na época passada, proveniente do Salgueiros, e em janeiro acabou por ser emprestado ao Fafe, da II Liga.

Daf, médio e senegalês, também foi recrutado pelos ‘axadrezados’ na temporada anterior, lesionou-se e foi igualmente emprestado em janeiro, mas ao Gafanha da Nazaré, do Campeonato de Portugal.

Conteúdo publicado por Sportinforma