Primeira Liga

26-06-2017 15:19

Paços de Ferreira arranca trabalho com muita indefinição

Vasco Seabra tem 27 jogadores à sua disposição.
Paços de Ferreira voltou ao trabalho

Paços de Ferreira voltou ao trabalho

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Paços de Ferreira, 13.º classificado na última I Liga de futebol, regressou hoje ao trabalho com 27 jogadores, numa lista com alguns regressos, vários ausentes, algumas indefinições e apenas quatro reforços.

As novidades no primeiro de dois dias dedicados aos exames médicos foram as ‘caras novas’ do plantel: o médio Gian Martins, ex-União da madeira, o extremo Xavier, ex-Marítimo, e, especialmente, Hêndrio, avançado brasileiro, de 23 anos, que alinhou no início da época passada pelo Varzim B, anotando cinco golos em 11 jogos realizados.

O central australiano Dylan McGowan, ex-Adelaide United, da Austrália, é esperado ainda hoje, depois da participação pela sua seleção na Taça das Confederações, a decorrer na Rússia, mas só deve ser integrado na terça-feira.

Também realizaram exames médicos, repartidos entre o estádio pacense e várias clínicas da cidade, o guarda-redes Marco, que alinhava no Gondomar, do Campeonato de Portugal, e os avançados Fatai, ex-Leixões, e Raúl Soares, ex-FC Porto B, jogadores que jogaram por empréstimo dos pacenses.

O lateral esquerdo Pedro Marques, já com contrato profissional, é o único elemento dos juniores a realizar a habitual bateria de exames médicos.

Entre os repetentes, merecem destaque os laterais João Góis, em final de contrato, e Filipe Ferreira e o avançado Welthon, de quem se dizia poderem estar de saída, além de Paulo Henrique e Rabiola, que em 2016/17 treinavam com os companheiros, mas não estavam inscritos.

Além de Dylan McGowan, o clube autorizou a que se apresentassem mais tarde o médio Pedrinho, em lua-de-mel, e o defesa Gégé, com mais uns dias de férias devido à sua participação nos trabalhos da seleção de Cabo Verde.

Quando se iniciarem os trabalhos de campo, na quarta-feira, e todos os elementos tiverem chegado e estiverem disponíveis, o técnico Vasco Seabra, que se mantém no comando da equipa, pela primeira vez no arranque da temporada, vai dispor de 31 elementos, um número excessivo e com várias indefinições.

Bruno Moreira, avançado que já representou o clube, e Ivo Rodrigues, que alinhou na última época no Paços por empréstimo do FC Porto, interessam e podem ainda chegar, o que faz aumentar o número de jogadores a dispensar ou a relegar para a equipa B, uma novidade no clube em 2017/18.

Os trabalhos de campo começam na quarta-feira e no sábado, dia 01 de julho, também em Paços, tem lugar o habitual jogo particular frente a uma seleção concelhia, a partir das 10:00. Antes da partida para o estádio, em Nelas, de 08 a 15 de julho, o Paços recebe ainda o Santa Clara (dia 04), às 18:30.

O plano de trabalho da pré-temporada inclui ainda um particular em Tondela, diante da equipa local, no dia 12, às 18:00, e, no regresso do estágio, dia 15, o Paços participa no Torneio Capital do Móvel, um triangular a realizar no estádio Capital do Móvel envolvendo ainda as equipas do FC Porto B e Académica, ambas da II Liga, em jogos de 45 minutos.

Completam o lote de particulares, jogos com o Moreirense (dia 19, em Vila Chã, às 10:00), o Feirense (22, em casa, às 10:30) e Arouca (22, fora, às 18:00). No dia 02 de agosto, pela manhã, o Paços tem programado um jogo no Olival com o FC Porto, mas este particular está dependente do resultado do sorteio do campeonato, a realizar a 07 de julho.

A apresentação da equipa aos sócios acontecerá, em princípio, no dia 21 de julho, num jogo ainda a definir, não estando também certa a data da apresentação do plantel à comunicação social, admitindo-se que isso possa acontecer na sexta-feira, dia 30 de junho, ou mais tarde.

Conteúdo publicado por Sportinforma