Futebol

27-06-2017 17:38

Sporting tomará medidas contra as "calúnias, difamações, mentiras e injúrias"

O emblema de Alvalade emitiu um comunicado no site oficial a repudiar veemente as críticas a Bruno de Carvalho.
Comunicado do Sporting no dia 27 julho 2017
Foto: Site Sporting

Comunicado do Sporting no dia 27 julho 2017

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Através de comunicado, o emblema de Alvalade promete tomar medidas contra a ”campanha caluniosa e difamatória", repudiando as "calúnias, difamações, mentiras e injúrias perpetradas" dirigidas a elementos ligados ao Sporrting, prometendo tomar as "medidas necessárias à defesa dos interesses dos visados".

Leia o comunicado na íntegra:

"Em face da mais recente campanha caluniosa e difamatória desenvolvida no espaço público, entende a Sporting SAD manifestar o seguinte:

1 – Repudiar de forma veemente as calúnias, difamações, mentiras e injúrias perpetradas contra o Presidente do Conselho de Administração, restantes administradores, accionistas e funcionários, com o único objectivo de tentar manchar a honra, a reputação e o bom nome dos visados;

2 – O Conselho de Administração tomará as medidas que entender necessárias à defesa dos interesses dos visados acima mencionados. Esta Sociedade, que tem prejuízos agravados e que, por ser cotada, não pode sofrer este tipo de danos, assegurará que os responsáveis por esta operação de intoxicação da opinião pública serão devidamente responsabilizados por condutas tão vis quanto desprezíveis."

"No próximo programa, se não me afastarem, trarei revelações sobre o presidente do clube do Sporting”. Foi esta a frase de Pedro Guerra, no programa Prolongamento, da TVI, dirigida a José Pina, que desencadeou este comunicado do Sporting como forma de defesa antes do ataque.

Conteúdo publicado por Sportinforma