I Liga

07-07-2017 22:04

Presidente da Liga pede que se fale das 'coisas positivas' do futebol português

Pedro Proença revelou que os investidores nos campeonatos profissionais estão "muito satisfeitos com os números de retorno".
Pedro Proença discursa no segundo dia do Football Talks 2017
Foto: FPF

Pedro Proença revelou que os investidores nos campeonatos profissionais estão "muito satisfeitos com os números de retorno".

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, pediu hoje aos “agentes desportivos” que se fale das “muitas coisas positivas” do futebol português e não das polémicas.

“Portugal é campeão da Europa, e está na altura de olhar para as coisas boas que vamos fazendo, e da parte da Liga é isso que vamos fazer”, explicou o dirigente, no final do ‘Kick-Off’, cerimónia de abertura da temporada, na qual se ficaram a conhecer os calendários das I e II Ligas, assim como da Taça da Liga.

O ex-árbitro respondia a uma questão sobre as várias polémicas em torno da arbitragem e relativas à última edição do campeonato, preferindo focar-se no objetivo de “fazer do futebol uma festa” e das “grandes vedetas, que são os jogadores, os treinadores, e eventualmente os árbitros também”.

O dirigente afiançou ainda que na “nova direção para a época 2017/18, hoje eleita, estarão sentados à mesa Benfica, FC Porto e Sporting, bem como outras sociedades desportivas”, embora tenha alertado que “a Liga de clubes não gere três sociedades, gere 33”, pedindo um trabalho “com positividade”.

Proença disse que já tinha pedido “calma e tranquilidade no discurso”, bem como que a justiça, “cível e desportiva, tenha celeridade” na atuação, e elogiou ainda a introdução da tecnologia de vídeo-árbitro nas competições da Liga na próxima temporada, um “projeto vencedor”.

“Vamos ser das primeiras ligas do mundo a utilizar o vídeo-árbitro, por isso temos tudo para ser felizes”, acrescentou Proença, que pediu “tempo e espaço para árbitros, atletas e também ao público” na apreciação da tecnologia que será introduzida na temporada 2017/18.

O presidente da Liga revelou ainda que os investidores nos campeonatos profissionais estão “muito satisfeitos com os números de retorno”, assim como os patrocinadores, anunciando ainda que será anunciado um novo contrato de patrocínio “em breve”.

Conteúdo publicado por Sportinforma