'Apito Final'

17-07-2017 09:46

Benfica questiona silêncio do Sporting na absolvição de Pinto da Costa e do FC Porto

'Encarnados' ponderam avançar com impugnação à decisão do Conselho de Justiça da FPF, que ilibou o presidente do FC Porto e o próprio clube.
Benfica questiona silêncio do Sporting no caso do 'Apito Final'
Foto: LUSA

Benfica questiona silêncio do Sporting no caso do 'Apito Final'

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

São três as questões levantadas pelo Benfica quanto à decisão do Conselho de Justiça que, segundo as 'águias', terá usurpado poderes de decisão.

Segundo avança o jornal Record, os 'encarnados' vão questionar questões que envolvem o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), o Sporting ou Fernando Gomes, atual presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Sobre o TAD, o Benfica questiona "se a FPF usurpou poderes do TAD, qual a posição do secretário de Estado do Desporto perante uma violação grave dos poderes públicos desportivos e qual a consequência para a utilidade pública desportiva da FPF?"

Quanto ao Sporting, os 'encarnados' querem saber "qual a posição do Sporting, que num dos primeiros atos de gestão de Bruno de Carvalho foi fazer uma denúncia à UEFA por causa do Apito Dourado e baseado nas escutas e depoimento de Carolina Salgado? A Santa Aliança impõe o silêncio?"

Quanto a Fernando Gomes, as 'águias' pensam perguntam como é que "poderia este Conselho de Justiça deliberar sobre um processo que reporta a factos praticados por uma SAD que à data tinha como membro o atual presidente da FPF? Não haveria aqui conflito de interesses? Não deveria os atuais membros, eleitos com o atual presidente da FPF, ter pedido escusa?"

Recorde-se que o Benfica pondera apresentar uma impugnação ao acórdão do Conselho de Justiça da FPF, que ilibou Pinto da Costa e o FC Porto da decisão do Apito Final que, em 2008, castigou os portistas com a subtração de seis pontos, a suspensão do presidente dos 'dragões' por dois anos e uma multa de 150 mil euros.

Conteúdo publicado por Sportinforma