Qual. Euro2016

18-09-2015 19:54

Suástica vale um ponto perdido e dois jogos à porta fechada para a Croácia

Em causa está a cruz suástica que surgiu no relvado em Split, a 12 de junho, no encontor com a Itália.
Cruz suástica causa polémica no Croácia-Itália
Foto: DR

A cruz suástica em questão.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Comité de Apelo da UEFA confirmou esta sexta-feira a retirada de um ponto à Croácia e dois jogos em casa à porta fechada pela conduta do público na partida frente à Itália, de qualificação para o Euro2016 de futebol.


Nessa partida, disputada a 12 de junho, em Split, surgiu uma cruz suástica no relvado, ato considerado como “racista e conduta inadequada” pela UEFA, que rejeitou hoje o recurso apresentado pela federação daquele país contra a decisão adotada pelo Comité de Controlo, Ética e Disciplina, a 23 de julho.

Além da retirada de um ponto, que a deixa a dois pontos da líder do grupo H, a Noruega, a seleção croata terá de jogar os dois próximos jogos em casa à porta fechada, sendo que os mesmos não poderão realizar-se no estádio Poljud, em Split, palco da partida com os italianos.

O Comité de Apelo decidiu também manter a multa de 100 mil euros aplicada à Federação da Croácia.

De resto, a seleção croata já tinha sido punida pela UEFA com um jogo à porta fechada na partida em Itália, quando os seus adeptos entoaram gritos de macaco e atiraram bananas para o relvado dirigidas ao internacional italiano Balotelli, o que levou a que a partida entre as duas seleções, em Split, tivesse decorrido sem público nas bancadas.

A Croácia receberá a Bulgária a 10 de outubro e encerrará a fase de qualificação três dias depois, em Malta, frente à seleção local.

Conteúdo publicado por Sportinforma