II Liga

14-03-2010 18:09

Treinador do Covilhã "envergonhado" pela exibição frente ao Aves

O treinador do Desportivo das Aves disse hoje que não pensa na subida de divisão, após a vitória sobre o Sporting da Covilhã (3-0), cujo técnico se mostrou "envergonhado" pelo desempenho dos seus jogadores.
Treinador do Covilhã

Por Sapo Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

"Foi uma vitória importante que consolida o sexto lugar e permite a aproximação ao quinto, e a nossa estratégia é jogo a jogo, passo a passo", começou por referir o técnico do Aves, Micael Pereira.

Estar a cinco pontos dos segundos classificados permite sonhar com a subida de divisão, mas o treinador avense recusa uma candidatura: "Não penso nisso, mas sinto que com este grupo de trabalho posso trabalhar em qualquer liga".

O treinador do Sporting da Covilhã, Nicolau Vaqueiro, disse estar "completamente envergonhado" e criticou a falta de empenho e atitude dos seus jogadores.

"A equipa foi de uma inoperância a todos os níveis, sem qualquer justificação, os jogadores tiveram um comportamento pouco digno para profissionais de futebol. Não correr, não lutar, isso é matar-me. Temos de deixar tudo dentro de campo e não fizemos isso hoje", lamentou.

Segundo o técnico, os jogadores serranos "estão num clube sério, têm tudo regularizado e têm de respeitar o clube e a cidade".

"Fomos os inimigos de nós próprios, uma manta de retalhos. Estou tão baralhado… têm tido tão boa atitude nos últimos tempos, hoje nem tenho adjectivos para qualificar, foi muito mau", reforçou o treinador da equipa penúltima classificada da liga de Honra.