II Liga

29-12-2010 17:52

Feirense vence Penafiel e termina 2010 na liderança

Feirense soma o terceiro triunfo consecutivo e termina o ano de 2010 na liderança da II Liga.
Feirense vence Penafiel e termina 2010 na liderança

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Feirense reforçou hoje a liderança da Liga de Honra em futebol, garantindo que terminará 2010 na frente, ao vencer em casa o Penafiel por 2-1, em encontro da 12.ª jornada.

Num encontro equilibrado, o conjunto de Quim Machado, que poderia ser ultrapassado pelo Penafiel, somou o terceiro triunfo consecutivo.

Diogo Cunha (12 minutos) adiantou o Feirense, enquanto Marco Cadete marcou na própria baliza (28) o tento que assustou os locais, que, na segunda parte, reagiram e marcaram por Thiago Freitas (59, de grande penalidade).

O Penafiel entrou atrevido e até foi a primeira equipa a rematar à baliza contrária. Aos oito minutos, Manoel trabalhou bem sobre a esquerda e ofereceu a Ferreira, que rematou ao lado da baliza feirense.

Dois minutos depois, o médio local André Fontes falhou o golo na cara de Márcio Ramos.

Esta ocasião despertou a equipa de Quim Machado, que passou a controlar a partida e acabou por marcar aos 12 minutos: Diogo Cunha aproveitou bem a assistência de Roberto no coração da área, surgir pela esquerda e rematou cruzado e longe do alcance de Márcio Ramos.

A partida parecia controlada pela equipa da casa, mas o Penafiel nunca baixou os braços e foi recompensado aos 28 minutos. O defesa Dias cruzou pela direita e obrigou o guardião Paulo Lopes a dar uma palmada na bola, que caiu na cabeça de Marco Cadete e entrou na baliza “errada”.

O Feirense entrou melhor na segunda parte e conseguiu chegar à vantagem aos 59 minutos, através de uma grande penalidade. Moisés entrou na área duriense e foi empurrado por Ferreira, sendo que a infracção foi vista pelo árbitro auxiliar. Na marcação, Thiago Freitas não falhou.

A equipa de Lázaro Oliveira não desistiu e nos últimos 20 minutos tentou por diversas formas chegar à baliza do Feirense. Jardel foi o mais perigoso e enviou mesmo a bola à trave da baliza de Paulo Lopes.

Aos 75 minutos, Carlos Fonseca teve nos pés, para o Feirense, a possibilidade de marcar o golo da tranquilidade, mas depois de passar por dois adversários na área duriense acabou por rematar ao lado.