II Liga

29-04-2012 14:42

Moreirense vence Naval e defende lugar de promoção

Formação de Moreira de Cônegos manteve o segundo lugar na tabela classificativa.
Moreirense vence Naval e defende lugar de promoção

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Moreirense venceu a Naval 1.º de Maio, por 2-1, em partida da 28.ª jornada da Liga de Honra de futebol, disputada na Figueira da Foz, mantendo intacto o seu objetivo de promoção.

O Moreirense manteve o segundo lugar da tabela classificativa, com 50 pontos, encurtando para três pontos a distância que o separa do líder Estoril, enquanto a Naval mantém o quarto lugar provisoriamente, com 40 pontos.

Dois golos no decurso da primeira hora, Fábio Espinho e Pintassilgo foram o garante da vitória dos cónegos diante de uma Naval que naquele período esteve a ver jogar, comprometendo desta forma o seu objetivo de ascensão à I Liga.

Na etapa complementar, os figueirenses foram melhores reabriram a partida ao terceiro minuto, contudo falharam na finalização, já que desperdiçaram várias ocasiões de golo pelo menos para poder chegar à igualdade.

A equipa de Jorge Casquilha, apoiada por cerca de 1.500 adeptos, entrou na partida de forma decidida e dispôs de duas excelentes ocasiões de golo, mas Taborda negou o golo a Felipe Gonçalves (10) e Wagner (13).

A pressão acentuou-se e, sem surpresa, na passagem do minuto 15, Fábio Espinho inaugurou o marcador, galvanizando a turma forasteira, que se tornou ainda mais acutilante e chegou ao segundo golo, ao minuto 30, através de um grande remate de Pintassilgo.

A formação da casa reagiu e criou três boas ocasiões de golo, aos 31, 36 e 38 minutos, a primeira devolvida pelo poste e as outras resolvidas por duas boas intervenções de Ricardo Ribeiro.

No reatar da partida, Filipe Rocha deixou Sandro e Hugo Santos no balneário lançando Tiago Mesquita e Michel Simplício, fazendo subir "capitão" Carlitos para a linha média

Entraram melhor os navalistas, que, volvidos três minutos após o recomeço, reduziram a diferença com um golo de Michel Simplício, na recarga a uma defesa incompleta de Ricardo Ribeiro na sequência de livre direto.

A Naval tomou conta do jogo, tornando a partida mais intensa, e quase chegou à igualdade, aos 54 e 73 minutos, por Giuliano e Tiago Mesquita.

Aos 67 e 78 minutos, as duas equipas ficaram reduzidas a 10 unidades, Pintassilgo e Willams foram punidos com cartões vermelhos em lances que deixaram ideia de extremo rigor do juiz

Os minutos finais da partida foram de grande sufoco para os visitantes. Roberto, no quarto dos cinco minutos que foram dados para compensação, ainda teve a hipótese da igualdade, porém, Ricardo Ribeiro segurou os três preciosos pontos para o Moreirense.

Jogo no Estádio Municipal José Bento Pessoa, na Figueira da Foz.
Naval 1.º de Maio - Moreirense,1-2.
Ao intervalo: 0-2.
Marcadores:
0-1, Fábio Espinho, 15 minutos.
0-2, Pintassilgo, 30.
1-2, Michel Simplício, 48.

Equipas:
- Naval 1º de Maio: Taborda, Carlitos, Ricardo Ehle, Rogério Conceição, Willams, Sandro (Tiago Mesquita, 46), Godinho, João Pedro, Giuliano, Hugo Santos (Michel Simplício, 46) e Paulinho Guará (Roberto, 79).
(Suplentes: Guilherme, Tiago Mesquita, Júnior Pereira, Michel Simplício, Leandrinho, Roberto e Zé Rui).
- Moreirense: Ricardo Ribeiro, Diogo Figueiras, Anilton, Ricardo Fernandes, Augusto, Felipe Gonçalves, Fábio Espinho (Bru, 70), Tales, Wagner (Luís Pinto, 84), Bruno Moreira (Cícero, 63) e Pintassilgo.
(Suplentes: Bruno Jorge, Bru, Luís Pinto, Cícero, Tiago Carneiro, Ghilas, Miguel Oliveira).
Árbitro: Vasco Santos (Porto)
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ricardo Ehle (41), Michel Simplício (56) e João Pedro (90+3). Cartão vermelho direto para Pintassilgo (67) e Willams (78).
Assistência: cerca de 1.700 espetadores.