Freamunde

09-06-2012 10:18

José Coelho põe fim a vazio diretivo

A eleição e tomada de posse da direção encabeçada por José Coelho ocorrerá no início de julho.
José Coelho põe fim a vazio diretivo

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

José Coelho vai suceder Manuel Pacheco na presidência do Freamunde, Liga de Honra de futebol, encabeçando uma lista a quem os associados concederam hoje em Assembleia-Geral (AG) Extraordinária plenos poderes para prepararem a época 2012/2013.

A única lista apresentada é encabeçada pelo empresário José Coelho, vogal da anterior Comissão Administrativa, e integra elementos do anterior elenco diretivo e do departamento de formação, não devendo ultrapassar os 25 ou 26 dirigentes.

«O amor pela terra e as dificuldades foram o que me levaram a aceitar este grande desafio, mas valemos por aquilo que fazemos e, com esta gente jovem e conhecedora do futebol, vamos tornar isto numa direção muito forte», disse José Coelho, no final da concorrida AG.

O futuro presidente, de 43 anos, anunciou ainda como objetivos «potenciar e valorizar a formação» do Freamunde, com a promessa de trabalhar em prol de «uma equipa competitiva» e que consiga garantir a permanência na Liga de Honra.

«O trabalho está a começar. Neste momento partimos do zero, mas vamos trabalhar com calma», sublinhou Rui Coelho, confirmando uma redução significativa no orçamento para a próxima época.

A atual CA vai manter-se em funções até 30 de junho, apesar de os novos dirigentes estarem mandatados pelos associados para tratarem dos assuntos relacionados com a próxima época, num trabalho que deverá ter início a partir de sábado.

«Espero que Deus os ajude, deixo votos de muitas felicidades e grandes êxitos desportivos, económicos e financeiros, esperando que os freamundenses possam fazer ainda mais por eles do que fizeram por mim», disse o presidente demissionário Manuel Pacheco, dirigindo-se ao seu sucessor, que é dirigente há apenas um ano.

A prioridade da nova equipa dirigente, cujos órgãos sociais terão ainda de ser formalizados, passa pela planificação da equipa de futebol, composta, nesta altura, por oito jogadores com contrato: Luís Pedro, Horácio, Nana K, Pedrinho, Vieira, Babo, Batista e Machado.

Ficou ainda a saber-se que na futura estrutura diretiva, que irá substituir a CA, Rui Neto será o vice-presidente, enquanto Hilário, antigo atleta do clube, assumirá as funções de diretor desportivo.

A eleição e tomada de posse da direção encabeçada por José Coelho ocorrerá no início de julho.