Futebol

12-09-2016 16:40

Jovem detido em estádio de Coimbra após deflagrar engenho pirotécnico

O jovem foi depois detido pelos agentes, que apreenderam o invólucro do engenho proibido.
Futebol
Foto: JOSE COELHO/LUSA

Futebol

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Um jovem de 21 anos foi detido por ter deflagrado um engenho pirotécnico proibido no Estádio Universitário de Coimbra, anunciou hoje a PSP em comunicado.

A detenção verificou-se no domingo, ao fim da tarde, enquanto decorria um jogo de futebol entre a Académica (Secção de Futebol da Associação Académica de Coimbra, AAC) e o Grupo Desportivo da Gafanha da Nazaré, freguesia do concelho de Ílhavo, no distrito de Aveiro, onde o detido reside.

Elementos da polícia avistaram o suspeito, "que nas bancadas manietava um artigo pirotécnico em deflagração, libertando um fumo azul e que, quando se apercebeu estar a ser vigiado, o atirou para o chão", refere o Comando Distrital de Coimbra da PSP.

"Este artigo pirotécnico, apesar de ser comummente utilizado para fins de sinalização e salvamento, é proibido nas circunstâncias em causa, uma vez que a sua deflagração gera um grande perigo para as pessoas que o rodeiam, podendo provocar lesões graves e por conter substâncias tóxicas", adianta.

O jovem foi depois detido pelos agentes, que apreenderam o invólucro do engenho proibido.

Na mesma nota, a PSP informa que deteve no sábado, no Bairro da Rosa, um homem de 27 anos, residente na cidade, "pelo crime de injúrias e ameaças a agentes de autoridade".

"A detenção surge durante uma ação de fiscalização rodoviária durante a qual, sem que nada o fizesse prever, o indivíduo interpelou os agentes policiais, injuriando-os e ameaçando-os", sublinha.

Conteúdo publicado por Sportinforma