Segunda Liga

26-03-2017 18:32

Académica vence na Póvoa e atrasa Varzim na luta pela subida

Leandro inaugurou o marcador para os 'estudantes', Marinho sentenciou o jogo, aos 71, apontado o segundo golo da Académica.
Académica de Coimbra

Académica de Coimbra

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A Académica foi este domingo ao reduto do Varzim vencer por 2-0, em jogo em atraso da 32.ª jornada da II Liga, num resultado que atrasou os poveiros na luta pela subida de divisão.

Leandro, no arranque do segundo tempo, inaugurou o marcador para os 'estudantes' e já depois do Varzim ter falhado uma grande penalidade, por Nelsinho, Marinho sentenciou o jogo, aos 71, apontado o segundo golo da Académica.

Com este desaire, os poveiros mantêm, à condição, o terceiro lugar na tabela, mas com agora com sete pontos de desvantagem para o Aves, que segue em segunda posição, nos lugares de promoção.

Já Académica chegou-se aos lugares da frente, somando agora 51 pontos, que lhe confere, também à condição, a quinta posição, estando a 10 pontos da zona de subida.

Os locais até se mostraram mais dominadores na primeira parte, surgindo mais vezes junto à baliza de Ricardo Ribeiro, embora sem situações de golos evidentes, devido à boa pressão exercida pelo adversário.

Já a formação de Coimbra apostava no contra-ataque e, apesar de não surgir tantas vezes junto à baliza varzinistas, acabava por criar mais perigo, nomeadamente em duas jogadas de Traquina.

A eficácia que faltou aos comandados de Costinha no primeiro tempo, foi corrigida logo após descanso, com Leandro, aos 47, a aproveitar um mau alívio da defesa poveira, para esboçar o remate acrobático que resultou no 1-0.

O Varzim ainda conseguiu reagir a este primeiro golpe, subindo as linhas e acentuando a pressão junta à área contrária. Aos 69, dispôs de soberana oportunidade para empatar.

No entanto, na cobrança de uma grande penalidade, Nelsinho permitiu uma primeira defesa a Ricardo Ribeiro, que ainda teve forças para 'sacudir', com o pé, uma recarga de Rui Costa.

Ao desperdício poveiro, a Académica voltou a responder com eficácia, conseguindo o segundo golo dois minutos depois, por Marinho, que finalizou uma boa combinação de Traquina e Káká, perante a passividade dos locais.

Confrontando com uma desvantagem mais dilatada, o Varzim já não conseguiu responder de forma coerente e, apesar de um par de remates de Malele e Nelsinho, colocou-se, até ao final, à mercê de uma coesa Académica.

Conteúdo publicado por Sportinforma