Segunda Liga

26-03-2017 19:58

Santa Clara perde em Viseu em jogo com seis expulsões

Tarde chuvosa e fria em Viseu, mas muito 'quente' dentro das quatro linhas e também nos bancos de suplentes
Académico de Viseu
Foto: Lusa

Académico de Viseu

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Ac. Viseu venceu este domingo o Santa Clara, por 2-1, em jogo em atraso da 32.ª jornada da 2.ª Liga, que acabou por ficar marcado por seis expulsões.

Tarde chuvosa e fria em Viseu, mas muito 'quente' dentro das quatro linhas e também nos bancos de suplentes. Miguel Libório, árbitro de Lisboa, expulsou quatro jogadores - dois de cada equipa - e ainda Carlos Pinto, treinador do Santa Clara, e o seu adjunto, Pedro Machado.

Quanto ao jogo, uma primeira parte em que o Ac. Viseu foi melhor e poderia ter marcado, por duas vezes. Primeiro, aos 4 minutos, Tiago Borges teve a melhor oportunidade da primeira parte, mas não conseguiu fazer golo, depois de um passe de Moses. Depois, aos 14, o guarda-redes Serginho negou, por duas vezes, o golo a Sandro Lima.

O Santa Clara só nos instantes finais da primeira parte teve uma jogada com perigo, com Bruno Miguel a evitar o golo dos açorianos.

Na segunda parte, Rúben Saldanha, aos 52 minutos, teve um remate perigoso para a baliza de Elísio e, pouco depois, aos 57, o Santa Clara chegaria à vantagem, com Diogo Santos a saltar mais alto que a defesa viseense e, de cabeça, a bater Elísio.

O Ac. Viseu viria a empatar ao minuto 57, após falta na área sobre Sandro Lima, que o próprio avançado brasileiro se encarregou de transformar.

Aos 76 minutos, o Santa Clara teria uma soberana oportunidade para voltar a ficar na frente do marcador, mas, Joel, recém-entrado na partida, cortou sobre a linha de golo.

O tento da vitória dos viseenses aconteceu na melhor jogada do encontro, com Luisinho a cruzar na direita, Paná a simular o remate e a deixar a bola para Bruno Loureiro, que rematou em jeito, e colocado, fora do alcance de Serginho.

Até final, pouco mais se jogou, já que a partida teve muitas faltas e várias expulsões.

Depois de Carlos Eduardo, do Ac. Viseu, ter sido expulso após a sua substituição e já no banco de suplentes, aos 89 minutos, foi a vez de Carlos Pinto e do seu adjunto, Pedro Machado, receberem ordem de expulsão.

Já no período de compensação, Pacheco terá pisado Sandro Lima já com o jogador academista no relvado, com o jogador brasileiro a receber também ordem de expulsão. Na sequência do mesmo lance, e na grande confusão que se gerou, vermelho também para Vítor Alves.

Conteúdo publicado por Sportinforma