Segunda Liga

06-04-2017 23:14

Empate entre Académica e Aves sabe a derrota para ambos

A Académica empatou esta quinta-feira com o Aves 0-0, em encontro da 35.ª jornada da II Liga.
Costinha, treinador da Académica
Foto: Facebook/Académica

Costinha, treinador da Académica

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A Académica empatou esta quinta-feira com o Aves 0-0, em encontro da 35.ª jornada da II Liga, disputado em Coimbra, num jogo em que a equipa nortenha foi sempre mais perigosa.

A equipa treinada por José Mota, segunda classificada no campeonato, foi mais dominadora, perante uma 'briosa' que iniciou o jogo sem nenhum avançado de raiz em campo.

Aos 24 minutos, Erivaldo rematou cruzado na direita do seu ataque, com a bola a rasar o poste de Ricardo Ribeiro, e, dois minutos depois, Guedes cruzou rasteiro para pequena área, onde Balogun, entre os centrais da casa, não conseguiu emendar para golo.

A Académica voltou a passar por 'calafrios' aos 36 minutos, na sequência de um livre indireto cobrado para a área, em que o guarda-redes Ricardo Ribeiro largou a bola depois de a intercetar, mas os defesas conseguiram afastar pela linha lateral.

No segundo tempo, a equipa do Aves voltou a ser mais perigosa, pese embora a boa réplica da 'briosa', mesmo quando ficou em inferioridade numérica, aos 61 minutos, após a expulsão do central Yuri por acumulação de amarelos.

Balogun surgiu isolado, aos 58 minutos, numa jogada que começou num mau passe do meio-campo da Académica, mas o guarda-redes Ricardo Ribeiro travou o remate do extremo nortenho.

Os 'estudantes' ainda reclamaram duas grandes penalidades, uma, aos 70 minutos, sobre Marinho e outra, aos 83, sobre Traquina, mas o árbitro Luís Godinho mandou seguir.

O Aves dispôs de outra boa ocasião aos 82 minutos, numa jogada de Guedes, que, junto à área, lateralizou para Barry, mas o remate saiu por cima.

A melhor ocasião da Académica aconteceu aos 84 minutos, por Ernest, que, numa jogada individual, obrigou Quim a defender para canto.

Já nos cinco minutos de descontos dados pelo árbitro, Guedes rematou à trave da baliza à guarda de Ricardo Ribeiro, que estava completamente batido.

Com este resultado, o Aves mantém-se seguro no segundo posto da classificação, enquanto a Académica pode ser ultrapassada no sexto lugar.

Conteúdo publicado por Sportinforma