Futebol

05-05-2017 23:38

Direção do Olhanense acusa SAD de gestão 'à revelia' do clube

A SAD assumiu os erros "na escolha da estratégia desportiva" que levaram à queda da II Liga para o Campeonato de Portugal.
Olhanense fecha plantel com mais tr
Foto: SAPO Desporto

A SAD assumiu os erros "na escolha da estratégia desportiva" que levaram à queda da II Liga para o Campeonato de Portugal.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A direção do Olhanense respondeu hoje à carta aberta do conselho de administração da SAD, criticando a gestão do futebol profissional por sempre ter sido feita "à revelia" do clube e agora ter causado a descida de divisão.

"Os destinos da Sporting Clube Olhanense, SAD têm sido decididos à revelia do conhecimento do clube pelo acionista que detém a maioria", assinalou a direção do emblema algarvio, em mensagem enviada aos órgãos de comunicação social, na resposta à carta aberta da SAD aos adeptos do passado domingo.

A SAD assumiu os erros "na escolha da estratégia desportiva" que levaram à queda da II Liga para o Campeonato de Portugal, mas acusou o clube de ter mantido "um clima hostil" ao longo dos últimos anos e abriu caminho para a suspensão das relações comerciais entre as partes.

Na resposta, o elenco liderado por Isidoro Sousa, reeleito na passada terça-feira para o seu sexto mandato como presidente, considera que a SAD está a passar a culpa da descida "para o presidente do Olhanense, para o presidente da Câmara Municipal e para os sócios".

A direção do emblema de Olhão acusou a SAD de, ao longo do último ano, sob a presidência de Luigi Agnolin, que sucedeu a Isidoro Sousa, não ter pagado "uma única renda do estádio" e de ter quebrado negociações com o clube, que aceitou reduzir os valores de renda do recinto.

"O preço acordado foi reduzido ao mais ínfimo valor minimamente aceitável, mas ainda assim vêm agora dizer que não pretendem pagar", sublinhou a direção do Olhanense.

O elenco liderado por Isidoro Sousa esclareceu ainda que o dirigente, que dirigiu a SAD até março de 2016, foi "sempre marginalizado pelo conselho de administração" e que as decisões foram "tomadas exclusivamente pelos investidores".

"Na SAD do Olhanense, estão pessoas prepotentes, sem berço e que não sabem como se constrói uma equipa de futebol", sustenta a direção do clube, dirigindo várias críticas sobre aspetos relativos à gestão da SAD e do futebol profissional.

Os dirigentes do Olhanense garantem ainda possuir provas sobre a existência de investidores interessados em adquirir a SAD, situação que tinha sido desmentida na carta aberta da SAD.

A equipa algarvia, 22.ª e última classificada no segundo escalão, com 25 pontos, foi despromovida esta época ao Campeonato de Portugal, encerrando um ciclo de 13 anos no futebol profissional, com passagem pela I Liga entre 2009 e 2014.

Conteúdo publicado por Sportinforma