Seleção de Sub-19

22-03-2017 17:58

Hélio Sousa elogia Croácia: "É uma equipa fortíssima, com um trajeto muito bom"

Sub-19 portugueses defrontam Croácia, que tem boa geração de jogadores.
Hélio Sousa
Foto: DR

Hélio Sousa

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador português de futebol de sub-19, Hélio Sousa, antevê dificuldades no jogo de quinta-feira com a Croácia, seleção que “tem estado nas melhores competições que esta geração pode disputar”.

Portugal é o anfitrião do seu grupo, que conta com Croácia, Polónia e Turquia, nesta ronda de elite, com os vencedores de cada um dos torneios a apurarem-se para a fase final do Europeu.

"A Croácia é uma equipa fortíssima, com um trajeto muito bom e que tem estado nas melhores competições que esta geração pode disputar”, reconheceu Hélio Sousa, em declarações ao sítio da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O jogo com os croatas está agendado para quinta-feira às 16:00, no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira.

Depois, a equipa das ‘quinas’ defrontará no sábado a Turquia, também em Paços de Ferreira, e na terça-feira a Polónia, em Barcelos.

Ainda em relação aos croatas, o técnico português espera uma seleção forte, com jogadores habituados a jogarem nas primeiras equipas dos seus campeonatos: “vai ser um adversário extremamente difícil que nos vai obrigar a superar-nos para conquistar a vitória".

No final do treino de hoje, em Vila do Conde, o lateral Pedro Pereira, do Benfica, disse estar otimista em relação ao desempenho da seleção, embora considere que só o trabalho poderá fazer com que a equipa chegue ao objetivo do apuramento.

“Vamos ter de trabalhar e de estar ao nosso máximo para conseguir derrotar cada uma delas", sublinhou Pedro Pereira, dizendo também ter um “bom pressentimento” que o apuramento correrá favoravelmente e que Portugal estará no Europeu.

Nas edições recentes do Europeu de sub-19, Portugal chegou às meias-finais da competição em 2016, derrotado pela França - que se sagraria campeã europeia -, em 2015 não se apurou, e em 2014 foi vice-campeão europeu, perdendo na final com a Alemanha (1-0).

Conteúdo publicado por Sportinforma