Euro sub-19

14-07-2017 10:30

Rui Pires promete uma seleção comprometida na final da competição

Médio do FC Porto falou sobre as aspirações da equipa lusa para a partida decisiva contra a Inglaterra.
Rui Pires, jogador da seleção de sub-19
Foto: @FPF

Rui Pires acredita numa seleção comprometida para jogar com a Inglaterra

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O médio Rui Pires prometeu uma seleção portuguesa com um compromisso ainda maior na final do Europeu de sub-19 de futebol, frente à Inglaterra, uma "grande equipa", no sábado, em Tbilissi.

“Tenho estado bem, todos os jogadores têm estado bem, os que jogam mais e os que jogam mesmo. A equipa tem um compromisso muito grande, do primeiro ao último minuto. Certamente nesta final ainda vamos ter mais compromisso”, disse.

Em declarações ao ‘site’ da Federação Portuguesa de Futebol, um dos capitães da ‘equipa das quinas’ disse que Portugal está “onde todas as seleções queriam estar”, mas lembrou as dificuldades para chegar até este momento, desde o apuramento até à final.

“Passámos muitas dificuldades e muitas vezes as pessoas, que não veem os jogos, não sabem a dificuldade que é estar presente na fase final do Europeu. Quando estamos no Europeu, as pessoas só nos pedem a final, mas têm de perceber a dificuldade que foi chegar aqui”, afirmou.

O jogador do FC Porto destacou ainda a qualidade das formações portuguesas, considerando a seleção de sub-19 “uma verdadeira família dentro e fora do campo”.

“Nós não facilitamos, do primeiro até ao último minuto, é sempre até ao fim. É isso que demonstrámos tanto na fase de apuramento, como no Europeu, que lutamos sempre até ao fim”, assumiu.

Sobre a final de sábado, Rui Pires diz que “claramente que é um jogo diferente” e que ainda estão a estudar a Inglaterra, considerando “as equipas inglesas são sempre muito fortes fisicamente, muito rápida na frente”.

“Estamos preparados para tudo. Nós no último jogo marcámos depois soubemos defender bem. Eles não criaram muito perigo, nós sabemos fechar bem o espaço. Embora não tenhamos tido muita bola no último jogo, tivemos sempre o jogo controlado. A Inglaterra é uma grande equipa, senão não estava na final. Vamos avaliar bem a equipa deles e claro que vai correr bem”, afirmou.

O treinador dos sub-19, Hélio Sousa, foi campeão mundial de sub-20 em 1989 e, como selecionador, vai participar na terceira final da carreira, depois de ter sido campeão europeu de sub-17, com vários jogadores desta equipa, e ter sido derrota em sub-19.

“O ‘mister’ [Hélio Sousa] é um homem muito experiente, já esteve em muitas finais, meias-finais, sempre presente nestas competições. Ele transmite-nos tranquilidade, diz-nos para estarmos tranquilos, não termos pressão”, referiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma