Sub-21/Euro2017

05-09-2016 19:29

Rui Jorge: "Somos uma boa equipa e temos de o provar constantemente"

Portugal podia já ter assegurado esse apuramento na sexta-feira, em Paços de Ferreira, mas não foi além de um empate (0-0) com Israel, mas tem nova oportunidade com a Grécia.
Conferência de imprensa do selecionador nacional de sub-21, Rui Jorge.
Foto: Lusa

Conferência de imprensa do selecionador nacional de sub-21, Rui Jorge

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Rui Jorge disse hoje que a seleção portuguesa sub-21 tem de circular a bola mais rápido e ser forte nos duelos individuais para vencer a Grécia, na terça-feira, e garantir o apuramento para o Europeu de 2017.

Depois de ter desperdiçado a oportunidade de carimbar essa qualificação na sexta-feira, diante de Israel, em Paços de Ferreira (0-0), Portugal, o treinador da seleção disse, contudo, manter a confiança na equipa e no apuramento para a fase final.

"O desafio [na terça-feira] é o mesmo de sempre: jogar bem, entusiasmar quem vem ver o jogo, mostrar jogadores e garantir o apuramento para a próxima fase", afirmou Rui Jorge na antevisão da partida.

Portugal lidera o Grupo 4 da fase de qualificação com 19 pontos, fruto de seis vitórias e um empate, e um triunfo sobre a Grécia assegura o apuramento para a fase final do Campeonato Europeu de 2017, que se vai disputar na Polónia.

Admitindo "alguns erros" diante dos israelitas, Rui Jorge especificou que Portugal precisa "de circular rápido a bola e ser forte no ‘um contra um’".

Admitiu que os adversários olham para a seleção de sub-21 "com muito respeito e muita cautela" e que isso "pode refletir-se numa postura mais defensiva de forma a correr o menor risco possível", mas notou que, se quer ser uma equipa forte, Portugal tem de saber lidar com essa forma de jogar.

O técnico não se mostrou preocupado com a fraca pontaria do último jogo porque a finalização "não é um problema desta equipa".

"É uma equipa altamente concretizadora, com uma percentagem de golos bastante elevada, acreditamos que estamos a fazer as coisas corretamente. Agora, não conseguimos concretizar, mas temos essa capacidade", disse.

Realçou também a performance defensiva da equipa, que não sofre golos há cerca de um ano, um "miniobjetivo" interno que já foi ultrapassado.

Negou ainda um eventual aumento da ansiedade nos jogadores por não terem já garantido o apuramento e elogiou o percurso de Portugal nesta campanha.

"Somos uma boa equipa, temos demonstrado isso ao longo deste apuramento, mas não basta dizê-lo, temos de o provar constantemente. Temos três jogos e temos de ganhar um, é uma posição muito confortável e agora resta-nos materializar isso", disse.

Vice-campeão europeu do escalão e líder do Grupo 4 com 19 pontos, Portugal defronta a Grécia na terça-feira, às 17:15, no Estádio Cidade de Barcelos, garantindo o apuramento direto para o Euro2017 em caso de triunfo.

Conteúdo publicado por Sportinforma