Futebol/Sub-21

06-09-2016 19:08

Portugal carimba passagem ao Euro2017

Gelson Martins marcou o único golo do encontro que dita a passagem dos portugueses para o Euro2017, que se disputará no próximo verão na Polónia.
Gelson Martins celebra golo marcado em Barcelos
Foto: JOSE COELHO/LUSA

Gelson Martins celebra golo marcado em Barcelos

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A seleção Sub-21 de Portugal venceu, esta terça-feira, a Grécia por 1-0 no Estádio Cidade de Barcelos, garantindo assim a qualificação para o Euro2017, que se disputará no próximo verão na Polónia.

Depois de ter desperdiçado a oportunidade de carimbar a qualificação na sexta-feira passada, diante de Israel, em Paços de Ferreira, Portugal não desperdiçou esta nova oportunidade e resolveu já esta tarde, no Minho, graças a um golo de Gelson Martins aos 54 minutos.

Em Barcelos, contra os gregos, Rui Jorge apostou numa equipa sem um ponta de lança de raiz, uma vez que Gonçalo Paciência começou no banco de suplentes. O ataque português foi constituído por Gelson Martins, Ricardo Horta e Diogo Jota. Em relação ao último jogo, Iuri Medeiros saiu do onze.

A seleção orientada por Rui Jorge começou bem o encontro na cidade minhota e logo aos 16 minutos a seleção lusa podia ter marcado, não fosse a incrível acção de Vouros a fazer de guarda-redes e a negar o golo a Rúben Neves, mesmo em cima da linha.

Aos 20 minutos, o árbitro assinalou falta a Gelson Martins, depois de derrubar Tsimikas. Contudo, antes, o jogador grego tinha feito carga de ombro sobre o jogador português, originando muitos protestos do público presente.

A meio do primeiro tempo, devido ao calor em Barcelos, houve uma pausa técnica para os jogadores se refrescarem.

No reatamento da partida, Rúben Semedo perdeu a bola para Ioannidis e acabou por derrubá-lo quando este seguia para a baliza. Por sorte, Tobias estava também na jogada, senão podia ter visto o vermelho.

Até ao final do primeiro tempo, os jogadores portugueses foram perdendo o ritmo e a concentração, fazendo que o (muito) público em Barcelos ficasse desanimado com a partida.

O inicío do segundo tempo foi bem jogado pelos internacionais portugueses com o golo a surgir aos 54 minutos. Na sequência de um canto de Bruno Fernandes, a bola sobrou para André Horta que rematou forte para defesa difícil de Barkas e, na recargam apareceu Gelson Martins a encostar para o fundo das redes.

Já com Paciência em onze, Portugal encostou a equipa grega à sua área, tendo sido avassalador no ataque. Contudo, a seleção de Rui Jorge terminou o encontro apenas com um (importante) golo, mas mostrou que precisa de afinar a pontaria dos atacantes.

Portugal, vice-campeão europeu do escalão, lidera o Grupo 4 de qualificação com 22 pontos (oito jogos disputados, com sete vitórias e um empate), garante já o apuramento direto para o Euro2017.

Conteúdo publicado por Sportinforma