Mundial Sub-20

02-06-2017 09:19

Pedro Delgado: "Se continuarmos assim, vamos chegar muito longe"

Médio considera que Portugal depende apenas de si para ultrapassar o Uruguai nos quartos de final.
UEFA European U-19 Championship
Foto: Lusa

Pedro Delgado quando representava os sub-19

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O médio Pedro Delgado considerou esta sexta-feira que a seleção portuguesa de futebol pode chegar longe no Mundial de sub-20, dependendo apenas de si para ultrapassar o Uruguai nos quartos de final.

“Penso que a equipa está muito concentrada e acredito que, se continuarmos assim, vamos chegar muito longe”, disse o médio, citado na página oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O futebolista do Sporting acredita que, no domingo, nos quartos de final do Mundial de sub-20, na Coreia do Sul, “o Uruguai causará dificuldades, como causaram também a Coreia do Sul, o Irão, a Costa Rica e a Zâmbia”.

“Ainda assim, penso que [a passagem às meias-finais] só depende de nós. Cada equipa tem os seus jogadores e a sua forma de jogar, mas depois, lá dentro, cada um faz o seu papel. Penso que [o resultado do jogo] depende mais disso", disse.

Apesar de não ter sido titular nos primeiros jogos, Pedro Delgado esteve no ‘onze’ nos dois últimos encontros – os triunfos sobre o Irão (2-1) e a Coreia do Sul (3-1).

“Não comecei como titular, mas acho que tenho correspondido de uma forma positiva nos últimos jogos. Espero poder continuar a ajudar a equipa. Os jogadores do meio-campo já tiveram todos uma oportunidade e penso que essa rotatividade é benéfica para refrescar e ter todos os elementos em condições de ajudar”, referiu.

Para o médio, o momento do Mundial de sub-20 até agora foi o triunfo sobre o Irão na terceira jornada da fase de grupos, em que a ‘equipa das quinas’ estava obrigada a vencer e conseguiu o triunfo já perto do fim, um golo que Pedro Delgado considerou “um alívio”.

A seleção portuguesa fez hoje o penúltimo treino antes da partida com o Uruguai, marcada para domingo, às 10:00, em Daejeon, com o treinador Emílio Peixe a contar com os 21 jogadores.

Conteúdo publicado por Sportinforma