Mundial sub-20

05-06-2017 14:30

Itália e Inglaterra vencem e estão nas meias-finais

Meias-finais estão agendadas para quinta-feira com Inglaterra a defrontar a Itália e o Uruguai a jogar contra a Venezuela.
Jogadores italianos celebram a passagem às meias-finais do Mundial de sub-20
Foto: EPA/JEON HEON-KYUN

Jogadores italianos celebram a passagem às meias-finais do Mundial de sub-20

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Itália e Inglaterra qualificaram-se hoje para as meias-finais do Mundial de futebol de sub-20, com os transalpinos a vencerem a Zâmbia, no prolongamento (3-2), e os ingleses a baterem o México (1-0).

Depois do apuramento sul-americano de Venezuela e Uruguai no domingo – dia em que Portugal foi eliminado pelos uruguaios no desempate por grandes penalidades (2-2, 5-4) -, hoje foram as seleções europeias a terem demonstrações de força.

O jogo entre Itália e Zâmbia obrigou a ‘tempo extra’, num duelo em que os africanos se colocaram cedo em vantagem, com um golo logo aos quatro minutos por Daka, e que se tornou ainda mais difícil para os italianos, com a expulsão de Pezzella, aos 43.

Apesar da contestação, o árbitro equatoriano Roddy Zambrano entendeu que o lateral esquerdo fez falta sobre Chilufya, num lance em que o avançado zambiano se isolava na direção da baliza.

Mesmo com menos um jogador, a Itália ainda empatou o jogo, por Orsolini, aos 50, e a nova vantagem da Zâmbia, por Sakala, aos 84, DiMarco respondeu para a ‘squadra azzurra’ com o 2-2 aos 88, levando o jogo para prolongamento.

Na meia hora adicional, e com menos um jogador desde os 43 minutos, foi Vido, aos 111 minutos, num canto apontado por DiMarco, a aparecer entre os centrais para fazer o 3-2 e qualificar a Itália.

O último semifinalista é a Inglaterra, a única equipa que não necessitou de recorrer a prolongamento ou penáltis para estar nas meias-finais, depois de vencer o México por 1-0, graças a um golo de Solanke, aos 47 minutos.

Os ingleses também tiveram que jogar reduzidos a dez jogadores, após Onomah ver o segundo cartão amarelo aos 72, mas conseguiu segurar a vitória e qualificação.

Nas meias-finais, agendadas para quinta-feira, os ingleses irão defrontar a Itália, enquanto o Uruguai, que é a equipa ainda em prova com melhor registo na competição, com duas presenças em finais (1997 e 2013), defrontará a Venezuela.

Conteúdo publicado por Sportinforma