Suíça-Portugal

05-09-2016 15:53

Vladimir Petkovic: "Há uma energia positiva na nossa equipa"

Selecionador suíço destaca "qualidade tática" de Portugal mas acredita no triunfo.
Vladimir Petkovic, selecionador da Suíça
Foto: epa05357123

O 21.º encontro entre as duas seleções está agendado para as 20:45 (19:45 horas de Lisboa) e terá arbitragem do espanhol Antonio Mateu Lahoz.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador de futebol da Suíça, Vladimir Petkovic, destacou hoje a "qualidade tática" de Portugal e afirmou que a sua equipa "está muito motivada" para vencer na terça-feira e dar um "passo importante" rumo ao Mundial2018.

"Parabéns a Portugal pelo grande título. No início do Europeu não mostrou tanto brilho, mas durante os jogos mostrou que, hoje em dia, o mais importante é a prestação como equipa. Mostrou muita qualidade tática", afirmou Vladimir Petkovic.

O selecionador helvético falava no Estádio St. Jakob-Park, em Basileia, na conferência de imprensa de antevisão do Suíça-Portugal, da primeira jornada do Grupo B da fase de apuramento para o Campeonato do Mundo.

"Há uma energia positiva na nossa equipa. Queremos mostrar que somos ambiciosos, que estamos a trabalhar bem e que queremos vencer. Acredita que esta equipa tem grande potencial e queremos mostrar esse potencial já amanhã [terça-feira]", disse o treinador de 53 anos.

Petkovic, que ‘pegou’ na seleção suíça em dezembro de 2013, lamentou a ausência Xherdan Shaqiri, a ‘estrela’ da equipa, que vai falhar o duelo com a seleção portuguesa devido a lesão, mas lembrou que do outro lado do campo também não vai estar Cristiano Ronaldo.

"Shaqiri é importante para nós, tal como Ronaldo é para Portugal. O que importa é mostrarmos que temos um conjunto, uma equipa forte e não apenas individualidades. Sabemos que, se vencermos, damos um passo importante para estarmos no Mundial. Eu acho que se vencermos, damos mesmo um passo muito grande para a qualificação", referiu o treinador dos helvéticos, que tem nacionalidade suíça, mas nasceu em Sarajevo, na Bósnia-Herzegovina.

Conteúdo publicado por Sportinforma