Sub-19/Bernardo Silva

30-07-2013 13:46

«Portugal merecia um pouco mais neste Europeu»

A equipa das quinas falhou a passagem à final ao perder nas grande penalidades por 3-2 com a Sérvia.
«Portugal merecia um pouco mais neste Europeu»

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

 O médio Bernardo Silva considerou esta terça-feira que a seleção de futebol de sub-19 “merecia um pouco mais” no Europeu da categoria, depois da equipa das quinas ter sido afastada da final pela Sérvia, na marcação das grandes penalidades.

«Custa sempre perder nos penáltis, ainda para mais num jogo em que sentimos que fomos superiores e que merecíamos um pouco mais neste Europeu, pelo menos chegar à final», disse o médio do Benfica na chegada da equipa ao aeroporto da Portela, em Lisboa.

Para o jovem que apontou um golo no jogo com a Sérvia (2-2 após prolongamento), o momento crítico do Europeu foi quando a Sérvia empatou aos 85 minutos, depois da equipa das quinas ter virado o resultado do jogo a seu favor.

«Depois de dar a volta ao resultado nós esperávamos conseguir o acesso às meias-finais, foi um golo que nos custou muito, se calhar foi esse o momento em que perdemos a partida. Acho que foi o momento crítico deste Europeu, mas apesar disso só tiramos coisas boas deste torneio», explicou.

Bernardo Silva considera que depois da qualificação para o Europeu, os jogadores sabiam que tinham «uma grande equipa, uma grande geração».

Após eliminarem a Dinamarca, uma das melhores da Europa, e depois de «uma boa exibição» frente à Espanha e da vitória frente à Holanda, campeã europeia de sub-17, ficaram mais perto de alcançar o objetivo de chegar à final.

«Sabíamos que tínhamos fortes hipóteses de conseguir lutar pelo título europeu, não conseguimos, mas foi uma boa prestação. Apesar de podermos ter chegado um bocadinho mais longe do que chegámos com a qualidade do plantel, as exibições e qualidade de jogo da seleção portuguesa foi muito agradável», frisou.

Para o futuro próximo, o jogador pretende passar da equipa B à equipa principal do Benfica, considerando que a presença num Europeu valoriza tanto a seleção como os jogadores, que passam a chegar aos clubes «com uma posição mais marcada».

O selecionador Emílio Peixe reiterou que foi «duro» perder na marcação das grandes penalidades com a Sérvia e falhar a final do Europeu de sub-19, mas considera que Portugal realizou «quatro excelentes jogos».

«Deixamos uma imagem positiva, uma imagem de um futebol alegre, dinâmico, de uma equipa organizada, equilibrada», disse Emílio Peixe, acrescentando que a melhor tradução do trabalho realizado foram os «elogios que deram os treinadores das outras seleções, e também da parte da UEFA», pelo comportamento desportivo da equipa.

Peixe considera igualmente que o momento do empate no final do jogo foi «fatídico», numa altura em que os jogadores de ambas as equipas «estavam a quebrar fisicamente devido à temperatura muito alta».

«Sabíamos que se conseguíssemos segurar aquele resultado alcançaríamos o que queríamos desde o primeiro dia, chegar à final, mas não aconteceu. Tentámos resolver o jogo no prolongamento, pois não queríamos ir para as penalidades. Fomos às penalidades, onde é sempre uma lotaria, mas não saiu a nós», lamentou o treinador, sublinhando, no entanto, que a equipa «cresceu muito» com a experiencia.

Portugal falhou segunda-feira o acesso à final do Campeonato da Europa de sub-19, que se disputou na Lituânia, ao perder na marcação de grandes penalidades com a Sérvia (2-3).

 

Conteúdo publicado por Sportinforma com Lusa