Suíça-Portugal

05-09-2016 08:29

Seleção lusa tenta quinto triunfo seguido no arranque de um Mundial

A seleção nacional de Portugal defronta a Suíça no primeiro jogo de apuramento para o Mundial de 2018.
Pepe ganha uma bola a Senderos durante o jogo entre Portugal e Suíça do Euro2008
Foto: EPA/Gerry Penny

Pepe ganha uma bola a Senderos durante o jogo entre Portugal e Suíça do Euro2008.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Portugal vai tentar na terça-feira, em Basileia, somar a quinta vitória consecutiva no arranque de uma fase de apuramento para o Campeonato do Mundo, sendo que a última vez que perdeu numa primeira jornada foi para o Mundial1978.

Frente à Suíça, no início do Grupo B, a seleção lusa vai pisar o relvado do Estádio St. Jakob-Park com um registo de nove jogos sem perder na ronda inaugural e leva quase 40 anos sem iniciar a corrida para a mais importante prova do futebol com um desaire.

Desde o início da fase de qualificação para o Mundial2002 que Portugal só soma vitórias, tendo na altura batido a Estónia, por 3-1, em Tallinn. Seguiram-se Letónia (2-0 fora para o Mundial2006), Malta (4-0 fora para o Mundial2010) e Luxemburgo (2-1 fora para o Mundial2014).

A derrota por 2-0 com a Polónia, no Porto, no agora extinto Estádio da Antas, a 16 de outubro de 1976, é a única ‘mancha’ num total de 15 jogos na primeira jornada da qualificação para um Campeonato do Mundo que começou a ser construído a partir do Mundial1958.

A 16 de janeiro de 1957, no antigo Estádio José Alvalade, em Lisboa, Portugal empatou a uma bola com a Irlanda do Norte e, pela primeira vez, iniciou um apuramento sem uma derrota.

Para o Mundial1934, a seleção nacional ‘levou’ 9-0 da Espanha e o pesado registou continuou no Mundial1950, novamente com o espanhóis a vencerem, dessa vez por 5-1, e no Mundial1954, com a Áustria a ‘esmagar’ a formação das ‘quinas’, por 9-1. Pelo menos, para o Mundial1938, Portugal perdeu com a Suíça, por 2-1.

O Suíça-Portugal está agendado para as 20:45 (19:45 horas de Lisboa) e terá arbitragem do espanhol Antonio Mateu Lahoz.

Conteúdo publicado por Sportinforma