FPF

11-09-2016 16:51

Selecionador nacional homenageado em Arganil

Fernando Santros homenageado em Arganil com a medalha de ouro do município.
Fernando Santos homenageado em Arganil com a medalha de ouro do município
Foto: Paulo Novais

O selecionador português de futebol, Fernando Santos (C), acompanhado pelo presidente da câmara municipal de Arganil, Ricardo Pereira Alves, e pelo vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, João Vieira Pinto

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador português de futebol, Fernando Santos, recebeu hoje a medalha de ouro do município de Arganil, numa cerimónia marcada pela emoção e na qual atribuiu o sucesso no Euro2016 à união de todos.

"A palavra-chave desta seleção ter conseguido um título europeu foi, na verdade, uma palavra que é nós", disse o técnico, que discursava no salão nobre daquele município do distrito de Coimbra, onde tem raízes familiares.

Com a voz embargada pela emoção, o selecionador nacional, que é oriundo da localidade de Sorgaçosa, freguesia de Pomares, frisou que os portugueses podem vencer aquilo que quiserem desde que acreditem em si mesmos.

"Nós somos homens de grande qualidade, devemos ter confiança absoluta naquilo que são as nossas capacidades, que são muitas, e basta que acreditemos", sublinhou perante um salão cheio, que aplaudiu com entusiasmo Fernando Santos.

O presidente da Câmara de Arganil, Ricardo Pereira Alves, salientou que a homenagem é um "ato de reconhecimento dos arganilenses pela magnífica vitória alcançada por Portugal, da qual foi o primeiro responsável, mas também pelo percurso pessoal e profissional, exemplar e inspirador para as gerações futuras".

"Esta é a marca indelével do respeito e admiração que temos pelo seu trabalho, pela sua dedicação e pelo amor que dedica ao nosso concelho", sublinhou o autarca.

Ricardo Pereira Alves agradeceu ainda a alegria proporcionada pela conquista do Europeu de futebol. "Se acreditarmos, estivermos unidos e dispostos a lutar até ao fim, teremos sucesso", sublinhou.

Na cerimónia, o vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, João Vieira Pinto, considerou a homenagem "justíssima, a um grande homem e grande treinador", que transmite "força, liderança e humildade".

A homenagem incluiu-se nas comemorações do feriado municipal, que se assinalou na quarta-feira com uma sessão solene, mas na qual o selecionador não pôde estar presente devido ao compromisso da véspera da seleção, na Suíça, de qualificação para o Mundial 2018.

Conteúdo publicado por Sportinforma