Portugal-Suécia

27-03-2017 18:36

Clube que viu nascer Ronaldo está feliz com regresso do jogador

Presidente do Andorinha refere que é um orgulho ver o melhor jogador do mundo regressar a casa.
Ronaldo no Andorinha
Foto: DR

Cristiano Ronaldo iniciou a sua carreira no clube Andorinha

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os dirigentes do Andorinha, clube no qual Cristiano Ronaldo iniciou a carreira futebolística, mostraram-se esta segunda-feira felizes com o regresso do jogador à Madeira para representar a seleção portuguesa, na terça-feira, frente à Suécia.

O presidente do clube, Duarte Santos, diz que este é um momento de orgulho em ver Ronaldo jogar no retorno a casa e destaca o progresso do internacional português.

"Ele é de cá. O coração e a alma dele são madeirenses. Vai ser uma alegria enorme vê-lo no estádio a jogar na sua terra pela seleção. Mais do que tudo, fico feliz e satisfeito em ver a boa pessoa em que ele se tornou e também ver a evolução fantástica que ele tem tido como pessoa e como jogador", afirmou à agência Lusa, revelando que vai ver o jogo no Estádio do Marítimo.

Cristiano Ronaldo jogou no Andorinha entre os sete e os nove anos, mas o Melhor Jogador do Mundo de 2016 nunca esteve no atual recinto do emblema insular, tendo jogado num "pedaço" de campo na Madalena, e contou sempre com o apoio da família.

"Um miúdo normal, traquina, irrequieto, gostava de jogar à bola, era obediente e também desobediente. Nasceu num bairro, o que cria um caráter diferente, porque obriga a lutar pelas coisas. A família sempre foi lutadora. O pai, a mãe e as irmãs sempre presentes, acompanhavam os jogos e era tudo em família", contou Duarte Santos.

Quem também conhece Ronaldo desde a infância é Rui Alberto Silva, funcionário do clube, que já notava o talento do jogador madeirense desde muito cedo, além de uma obsessão em jogar futebol a toda a hora.

"Ele já jogava muito bem à bola. Começava já desde a manhã, mais os miúdos do Andorinha, e passava o dia inteiro a jogar. Tinha o dom para a bola e é por isso que é o melhor jogador do mundo e merece-o ser. Aos 32 anos, já ganhou o que queria ganhar", destacou, guardando o clube e o atleta no coração.

Rui Silva salienta a qualidade de Ronaldo no Andorinha, Nacional e Sporting e considera que Alex Ferguson tornou-o "ainda melhor" nos tempos do Manchester United.

Cristiano Ronaldo vai jogar pela seleção portuguesa, que volta à Madeira 16 anos depois, na partida de terça-feira, às 19:45, no Estádio do Marítimo, diante da Suécia, em jogo particular.

Conteúdo publicado por Sportinforma