Futebol

29-03-2017 12:05

Desde 1985 que Portugal não perdia depois de ter dois golos de vantagem

Portugal perdeu com a Suécia por 3-2 na Madeira, depois de ter estado a vencer por 2-0.
Portugal - Suécia
Foto: AFP

Portugal - Suécia

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A derrota de Portugal frente a Suécia não caiu bem em Fernando Santos. O selecionador de Portugal mostrou-se bastante crítico com a atuação dos seus pupilos, principalmente na segunda parte. Os lusos estiveram a vencer por 2-0 mas acabariam por perder por 3-2 graças a um autogolo de Cancelo, no último minuto de jogo. O regresso à Madeira não poderia ter corrido pior para a seleção portuguesa.

Estar a vencer por 2-0 e perder o jogo é algo novo nesta seleção. Dos atuais jogadores que fazem parte desde grupo, o pior que tinham feito era desperdiçar dois golos de vantagem e permitir o empate ao adversário. Aconteceu em 2004, num 2-2 frente a fraca seleção do Liechtenstein, num jogo de apuramento para o Mundial2006. Essa equipa que empatou 2-2 com o Liechtenstein no Rheinpark Stadion em (Vaduz), era orientada por Luiz Felipe Scolari e contava com, entre outros, Cristiano Ronaldo, Deco, Ricardo Carvalho, Pauleta (marcou o golo de Portugal, o outro foi um autogolo), Simão Sabrosa, Costinha, Jorge Andrade, entre outros.

Mas estar a ganhar por 2-0 e perder é ainda mais raro. É preciso recuar até 1985 para encontrar situação idêntica. Aconteceu num amigável com a Roménia, que os lusos perderam por 3-2 em Alvalade, a 30 de janeiro. Futre (com um grande golo, onde passou por quatro adversários) e Carlos Manuel (remate de fora da área) colocaram a equipa lusa a vencer por 2-0 mas a resposta romena foi implacável, com três golos: Lacatus aproveitou uma falha de Oceano e reduziu; O mesmo Lacatus empatou após nova falha da defensiva lusa. A reviravolta chegou já perto do final num remate de fora da área que Vítor Damas não conseguiu travar. A seleção lusa era treinada por José Torres, Mircea Lucescu, um jovem na altura, era o técnico da seleção romena.

De referir ainda que esta foi a primeira vez que Fernando Santos perdeu um jogo em que marcou mais do que um golo. O técnico conta com sete derrotas desde que assumiu a Seleção, com a particularidade de seis delas serem em jogos amigáveis. O único jogo oficial que Fernando Santos perdeu foi frente a Suíça, na primeira jornada do apuramento europeu para o Mundial2018.

Esta foi a primeira derrota de Portugal no Estádio dos Barreiros, ao cabo de quatro jogos. Nos anteriores três encontros, Portugal tinha vencido a Suíça por 1-0 em 1977 e Andorra em 2002 por 3-0. Em 1988 empatou na Madeira com a Seleção de Malta a duas bolas.

Portugal perdeu com a Suécia por 3-2 na Madeira, depois de ter estado a vencer por 2-0.

Conteúdo publicado por Sportinforma