Taça Confederações

14-06-2017 14:29

Hélder Postiga aponta Portugal como favorito à vitória

Prova arranca este sábado na Rússia.
d822bb3160098a401511b9ddb0904683ca9bd4a4.jpg
Foto: LUSA

Hélder Postiga ao serviço da Seleção

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O internacional português Hélder Postiga considera Portugal "favorito" à vitória na Taça das Confederações de futebol, que arranca este sábado na Rússia e na qual fará a sua estreia frente ao México, em Kazan, no domingo.

Em declarações à Lusa, o jogador, de 34 anos, admitiu ter "expectativas altas" para a presença inédita da seleção portuguesa nesta prova e realçou que "as outras equipas já olham de forma diferente" para a equipa das ‘quinas’, em virtude do título de campeão europeu alcançado no ano passado, em França.

"Portugal é campeão da Europa, numa prova na qual estão presentes os vencedores das grandes competições, e tem jogadores em grande forma. Veem-nos como uma seleção forte e que tem o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo", referiu.

A conquista do Euro2016 mereceu críticas de alguma imprensa estrangeira, mas Hélder Postiga asseverou que Portugal tem de provar o seu valor novamente.

"Portugal tem de mostrar jogo a jogo, não basta o estatuto para ganhar jogos. A seleção vai tentar demonstrar o lado mais técnico nesta competição e todos queremos que isso aconteça", explicou, sublinhando a especificidade de se disputar agora uma "prova curta" e sem grande tempo de recuperação entre os jogos.

Desafiado a comparar os eleitos do selecionador nacional, Fernando Santos, para esta Taça das Confederações com a convocatória para o Euro2016, o avançado português assinalou as diferenças entre os dois lotes, salientando a melhoria de alguns elementos preponderantes na equipa.

"A grande diferença está na chegada de jogadores em melhor forma: temos um Cristiano Ronaldo que acabou em grande forma, o Moutinho também terminou bem. Temos jogadores fulcrais a acabar em crescendo com as suas equipas, com índices morais e técnicos melhores do que no ano passado", recordou.

Por outro lado, há também novos valores a despontar em Portugal, nomeadamente o ponta de lança André Silva, a quem Hélder Postiga dá o seu ‘aval' à afirmação na seleção.

"Tem demonstrado uma grande cumplicidade com o Cristiano Ronaldo, traduzida em golos. O seu rendimento na seleção tem sido muito bom e nota-se que é um jogador muito confiante", frisou.

Portugal parte para esta prova integrado no Grupo A, ao lado da anfitriã Rússia, do México e da Nova Zelândia. Sobre os adversários dos campeões europeus, o internacional luso lembrou que todos "merecem respeito" e que podem causar problemas.

"A Rússia joga em casa e quer deixar uma boa imagem, abrindo o apetite aos seus adeptos; depois, o México é uma equipa sempre recheada de grandes valores individuais; por fim, a Nova Zelândia será uma surpresa para todos, mas penso que Portugal tem condições para passar", vincou.

Portugal estreia-se frente ao México, em Kazan, no domingo, defrontando a Rússia no dia 21, em Moscovo, e encerra a fase de grupos diante da Nova Zelândia a 24 de junho, em São Petersburgo. A Taça das Confederações decorre na Rússia entre sábado e 02 de julho.

Conteúdo publicado por Sportinforma