Taça Confederações

16-06-2017 10:52

Portugal vai jogar no estádio com o maior ecrã exterior da Europa

No Mundial2018, está previsto que o estádio sirva de palco para quatro jogos da fase de grupos, um dos oitavos de final e também um dos quartos de final.
Arena Kazan, estádio para o Mundial2018
Foto: EPA/YURI KOCHETKOV

Arena Kazan, estádio para o Mundial2018

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O primeiro jogo Portugal na Taça das Confederações de futebol, frente ao México, vai decorrer na Arena Kazan, um estádio de dimensões gigantescas e que tem o maior ecrã gigante exterior de todos os recintos europeus.

Apesar do seu aspeto imponente, o estádio pode receber ‘apenas' 45,379 espetadores e desde a temporada 2014/15 que se tornou na casa do Rubin Kazan, equipa da primeira divisão russa.

Já tendo em vista a candidatura da Rússia à organização do Mundial2018, a Arena Kazan começou a ser construída no inicio de 2010, na zona norte da cidade, e passados três anos abriu finalmente os portões, numa obra que custou cerca de 400 milhões de euros.

Devido às suas dimensões, o recinto está localizado numa zona praticamente isolada e por fora tem o maior ecrã gigante de todos os estádios europeias, que durante a Taça das Confederações está a ser utilizado para dar as boas-vindas a Kazan e para fazer publicidade aos patrocinadores oficiais do torneio.

Apesar de estar funcional desde a inauguração, apenas recebeu o seu primeiro jogo de futebol um ano depois, em 2014, num particular entre a Rússia e a Eslováquia, que terminou com a vitória da equipa da casa, por 1-0.

Em 2015, o relvado da Arena Kazan foi substituído por duas piscinas, para poder receber os Campeonatos Mundiais de natação.

Na sua curta história, o jogo mais importante que recebeu foi a final da Taça da Rússia, em 2016, com o Zenit São Petersburgo, na altura com Luís Neto como titular e André Villas-Boas no cargo de treinador, a bater o CSKA Moscovo, por 4-1.

O Portugal-México vai ser o primeiro de quatro jogos que a Arena Kazan vai receber na Taça das Confederações: três da fase de grupos e um das meias-finais.

No Mundial2018, está previsto que o estádio sirva de palco para quatro jogos da fase de grupos, um dos oitavos de final e também um dos quartos de final.

Após o México, a formação lusa, que está incluída no Grupo A, defronta na segunda jornada a anfitriã Rússia, a 21 de junho, em Moscovo, e fecha o agrupamento a 24 perante a Nova Zelândia, em São Petersburgo.

Conteúdo publicado por Sportinforma