Taça Confederações

18-06-2017 11:19

Alemanha também de luto, mas devido à morte de Helmut Kohl

A Alemanha estreia-se na Taça das Confederações na segunda-feira, em Sochi, frente à Austrália.
Helmut Kohl Foto: EPA
Foto: Renascença

Helmut Kohl, ex-chanceler alemão

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A seleção da Alemanha, atual campeã do mundo, vai usar fumos negros na estreia da Taça das Confederações, na segunda-feira, em memória ao ex-chanceler alemão Helmut Kohl, que morreu na sexta-feira, aos 87 anos.

Segundo a Federação Alemã de Futebol (DFB), também a seleção de sub-21 usará fumos negros no jogo de hoje frente à República Checa, na jornada inaugural do Grupo C.

“Helmut Kohl era membro honorário da DFB e foi um grande impulsionador da relação germano-russa”, na década de 80, destaca o organismo em comunicado, em referência às relações diplomáticas da Alemanha com a Rússia, palco da Taça das Confederações.

A 16 de julho de 1990, Helmut Kohl, então chanceler da Alemanha Ocidental, e Mikhail Gorbatchev, então Presidente da URSS, chegaram a acordo sobre uma Alemanha reunificada, soberana e livre de pertencer à NATO.

Foi o dirigente político germânico que mais tempo governou a República Federal, com quatro legislaturas, durante as quais a Alemanha se sagrou campeã do mundo, em 1990, e da Europa, em 1996, e foi o artífice da reunificação alemã, após a queda do Muro de Berlim em 1989.

Helmut Kohl, muito doente e confinado a uma cadeira de rodas desde 2009, morreu hoje aos 87 anos.

Conteúdo publicado por Sportinforma