Portugal 2-2 México

18-06-2017 18:42

Cristiano Ronaldo: "Não há que soltar os alarmes"

Portugal e México empataram hoje 2-2, em jogo da primeira jornada do Grupo A da Taça das Confederações de futebol, em Kazan, na Rússia.
Cristiano Ronaldo reage durante o jogo de Portugal com o México
Foto: EPA/Mário Cruz

Cristiano Ronaldo reage durante o jogo de Portugal com o México.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Cristiano Ronaldo não ficou naturalmente satisfeito com o empate frente ao México no jogo inaugural da Taça das Confederações, mas frisou que nada está perdido em relação aos objetivos da equipa portuguesa.

O capitão da seleção nacional esteve em destaque ao fazer a assistência para o primeiro golo de Portugal na competição, e acabou por ser eleito o homem do jogo pela FIFA.

Portugal inaugurou o marcador aos 34 minutos, com um golo de Ricardo Quaresma, mas o México respondeu na reta final do primeiro tempo, por intermédio de Javier Hernandez ‘Chicarito’, aos 42. Na segunda parte, Cédric Soares recolocou Portugal na frente, aos 86 minutos, mas já em tempo de compensações, aos 90+1, Héctor Herrera marcou pelos mexicanos e fechou o resultado final.

"Não era o resultado que queríamos, a equipa tinha o jogo quase ganho e sofremos um golo nos últimos minutos, mas o futebol é isto. A equipa continua a acreditar no apuramento, sabemos que temos grandes possibilidades. Faltam dois jogos e por isso estamos bem, estamos tranquilos e já a pensar no próximo jogo. Não há que soltar os alarmes", disse Cristiano Ronaldo no final do jogo.

Com este empate, Portugal e México partilham o segundo lugar no Grupo A, com um ponto, a dois da anfitriã Rússia, que venceu no sábado a Nova Zelândia, por 2-0.

O próximo jogo de Portugal, campeão europeu, na Taça das Confederações está marcado para quarta-feira, frente à Rússia, em Moscovo.

Conteúdo publicado por Sportinforma