Portugal 2-2 México

18-06-2017 18:23

Nani: "Tínhamos o jogo na mão"

Internacional português lamenta o empate a 2-2 com o México no arranque da Taça das Confederações.
Nani em ação no jogo de Portugal frente ao México na Taça das Confederações
Foto: EPA/Mário Cruz

Nani em ação no jogo de Portugal frente ao México na Taça das Confederações.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Portugal e México empataram hoje 2-2, em jogo da primeira jornada do Grupo A da Taça das Confederações de futebol, em Kazan, na Rússia.

Portugal inaugurou o marcador aos 34 minutos, com um golo de Ricardo Quaresma, mas o México respondeu na reta final do primeiro tempo, por intermédio de Javier Hernandez ‘Chicarito’, aos 42. Na segunda parte, Cédric Soares recolocou Portugal na frente, aos 86 minutos, mas já em tempo de compensações, aos 90+1, Héctor Herrera marcou pelos mexicanos e fechou o resultado final.

No final do jogo, Nani foi um dos jogadores abordados pela RTP para comentar o encontro com o México. O internacional português lamentou naturalmente deixar fugir a vitória no último lance de jogo, mas assegurou que nada está perdido para as aspirações de Portugal na Taça das Confederações.

"Tínhamos o jogo na nossa mão, é sempre difícil sofrer um golo no último minuto, mas não está nada perdido. Temos mais dois jogos para ganhar, temos de focar-nos neles e tentar ganhá-los", começou por dizer Nani à RTP.

"Eles trocaram muito bem a bola, mas as melhores oportunidades foram nossas. Podíamos matar o jogo na primeira parte, mas não concretizámos e eles responderam bem com um golo. Na segunda parte conseguimos fazer o mais difícil, marcar perto do último minuto, mas infelizmente sofremos o golo do empate. É assim o futebol, temos de levantar a cabeça. Disputámos o jogo com muita ambição e esforço, é isso que temos de fazer", acrescentou Nani.

Com este empate, Portugal e México partilham o segundo lugar no Grupo A, com um ponto, a dois da anfitriã Rússia, que venceu no sábado a Nova Zelândia, por 2-0.

O próximo jogo de Portugal, campeão europeu, na Taça das Confederações está marcado para quarta-feira, frente à Rússia, em Moscovo.

"A Rússia é uma equipa difícil. Já tivemos oportunidade de jogar com eles. Sabemos que é um adversário que vai jogar em casa, com motivação extra, mas temos o nosso objetivo, vamos focar-nos nele e queremos ganhar", sentenciou Nani.

Conteúdo publicado por Sportinforma