Confederações

24-06-2017 22:25

Ministro da Educação espera que Portugal chegue à final

O responsável pela tutela do Desporto afiançou que a equipa portuguesa parece “muitíssimo bem”, quer física, quer psicologicamente.
Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação
Foto: Lusa

Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Ministro da Educação enalteceu hoje a qualidade do futebol praticado pela seleção portuguesa, que se apurou para as meias-finais da Taça das Confederações de futebol, e mostrou-se esperançado que Portugal possa chegar à final.

“Este foi um jogo importante para que Portugal pudesse passar no primeiro lugar do grupo e se pudesse qualificar. Sabemos que Portugal jogará uma meia-final desta Taça das Confederações e esperamos todos que possa jogar também a final”, salientou Tiago Brandão Rodrigues, após o triunfo da seleção nacional por 4-0 sobre a Nova Zelândia, em jogo da terceira e última jornada do Grupo A.

Em declarações enviadas à Agência Lusa, o responsável pela tutela do Desporto, que assistiu ao jogo em São Petersburgo (Rússia), afiançou que a equipa portuguesa parece “muitíssimo bem”, quer física, quer psicologicamente.

“Todos esperamos que a equipa continue a jogar bem e a demonstrar o que tem demonstrado neste torneio: uma grande unidade e uma qualidade de jogo que tem chamado à atenção, não só de todos os que têm a possibilidade de ver os jogos na bancada, mas de todos aqueles que, em Portugal, de forma importante, vão seguindo a seleção e as alegrias que a nossa equipa nos vai dando”, completou.

O Ministro da Educação destacou ainda a prestação do capitão da seleção nacional, autor do primeiro golo do encontro, através de uma grande penalidade.

“É marcante ver que Cristiano Ronaldo continua na senda dos golos e continua a marcar presença forte em cada um dos jogos, tendo sido escolhido outra vez como homem do jogo. Não é coincidência, é fruto do seu trabalho e da fantástica época que está a fazer. Já leva quase 60 golos e esperamos que, na meia-final, e depois na final, continue a confirmar mais esta época impar, mais uma, com que nos tem presenteado”, concluiu.

Primeiro classificado do Grupo A, com sete pontos, Portugal aguarda agora pelo desfecho do Grupo B, para conhecer o adversário que vai defrontar, na meia-final, marcada para 28 de junho, em Kazan.

Conteúdo publicado por Sportinforma