Chile

25-06-2017 19:56

Pizzi: "Vamos tentar jogar de igual para igual" com Portugal

Portugal apurou-se para as ‘meias’ como primeiro classificado do Grupo A, depois de no sábado se ter imposto à Nova Zelândia por 4-0.
Chile festeja golo

Chile festeja golo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador do Chile de futebol, Juan Antonio Pizzi, classificou hoje como “muito difícil” o jogo da meia-final da Taça das Confederações com Portugal e admitiu que Cristiano Ronaldo “é um jogador determinante”.

“Têm um jogador [Cristiano Ronaldo] que é determinante. Além disso têm um treinador muito experiente e muitos jogadores de alto nível”, afirmou Pizzi em conferência de imprensa, no final do encontro do grupo B com a Austrália, que terminou empatado 1-1.

O selecionador chileno considerou que “é muito difícil ser campeão da Europa numa competição na qual participam sempre vários candidatos ao título mundial”.

O técnico afirmou que o jogo das meias-finais, agendado para quarta-feira, em Kazan, também não será fácil para Portugal e garantiu empenho total da sua equipa.

“Será um jogo muito difícil para eles também. Vamos tentar jogar de igual para igual e ganhar-lhes”, disse, admitindo que o facto de a sua equipa ter menos um dia de descanso do que Portugal pode ser “uma desvantagem”.

O Chile, bicampeão sul-americano, terminou hoje na segunda posição o Grupo B da Taça das Confederação, ganho pelo Alemanha, que na quinta-feira defronta o México na outra meia-final da competição.

Portugal apurou-se para as ‘meias’ como primeiro classificado do Grupo A, depois de no sábado se ter imposto à Nova Zelândia por 4-0.

Conteúdo publicado por Sportinforma