Portugal-México

02-07-2017 11:02

Um jogo para o bronze e com o pensamento nas férias

Novo duelo com o México na Taça das Confedrações, este sem Ronaldo e com sabor 'amargo'.
Portugal vs Mexico
Foto: Lusa

Cédric Soares marca no Portugal-México

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A seleção portuguesa de futebol defronta este domingo novamente o México, desta vez com o objetivo de assegurar o terceiro lugar da Taça das Confederações, num jogo em que não vai contar com Cristiano Ronaldo, Beto e Raphael Guerreiro.

Após o desaire com o Chile nas grandes penalidades (0-0 após prolongamento, 3-0 nos penáltis), no jogo que afastou Portugal da final do torneio dos campeões, o capitão foi dispensado dos trabalhos da equipa lusa por ter sido novamente pai. Já o guarda-rede e o defesa esquerdo estão certo de fora devido a lesão.

Em final de temporada e com o sabor 'amargo' de ter que disputar o jogo dos derrotados das meias-finais, o selecionador Fernando Santos deverá aproveitar para poupar os habituais titulares e lançar no encontro os jogadores que foram menos utilizados durante a competição.

Logo na baliza, José Sá pode aparecer no lugar do habitual titular Rui Patrício, enquanto que, na defesa, Luís Neto, o único jogador de campo sem qualquer minuto jogado, deverá ser escolha na equipa inicial.

Danilo, Pizzi e Gelson Martins também devem aparecer nas escolhas de Fernando Santos.

A última vez que Portugal disputou um jogo desde tipo, de atribuição dos terceiro e quarto lugares de uma competição, aconteceu no Mundial2006, na Alemanha, e acabou por perder por 3-1, precisamente perante os germânicos.

14 dias após o embate na estreia, Portugal e México voltam a encontrar-se, depois de um empate em Kazan, que acabou por ser justo.

Num duelo que acabou por ser muito equilibrado, a seleção nacional esteve duas vezes na frente do marcador, primeiro por Ricardo Quaresma e depois por Cédric Soares, mas Javier 'Chicharito' Hernandez anulou o golo do extremo do Besiktas e, nos descontos, Moreno salvou o México da derrota.

Com menos um dia de descanso e após ter sofrido um pesado desaire perante a Alemanha (4-1) nas meias-finais, a formação mexicana deverá igualmente aproveitar para apresentar uma equipa com jogadores menos utilizados, sendo por isso esperado que figuras como Chicharito e Giovanni dos Santos falhem o encontro.

Herrera (FC Porto), Layun (FC Porto) e Raúl Jiménez (Benfica) foram utilizados a tempo inteiro na meia-final e também deverão falhar o novo embate com Portugal.

O jogo de domingo está agendado para as 13:00 de Lisboa.

Artigo publicado originalmente a 30/06/2017

Conteúdo publicado por Sportinforma