Benfica

14-06-2017 18:55

Rui Vitória condenado pelo CD da FPF após queixa do Sporting

Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol aceitou a queixa do Sporting contra Rui Vitória.
Rui Vit
Foto: Lusa

Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol aceitou a queixa do Sporting contra Rui Vitória.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O treinador do Benfica foi condenado esta quarta-feira pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol a pagar uma multa de 230 euros. A queixa partiu do Sporting em janeiro, logo após a meia-final da Taça da Liga em que o Benfica perdeu com o Moreirense num jogo marcado pela expulsão de Rui Vitória.

Apesar de ter sido expulso no referido encontro com o Moreirense, o técnico do Benfica acabou por marcar presença na zona de entrevistas rápidas após o jogo.

O Sporting entendeu que Rui Vitória tinha violado as regras, e apresentou uma queixa contra o técnico dos 'encarnados'.

Segundo revela o diário Record, Conselho de Disciplina da FPF aceitou a queixa do Sporting e decidiu aplicar uma multa de 230 euros a Rui Vitória pela presença na flash interview. O órgão disciplinar da FPF considerou Rui Vitória culpado na queixa apresentada pelo Sporting e decidiu encarregar o técnico do Benfica de pagar as custas do processo na ordem dos 510 euros.

"O arguido não pode invocar como motivo da sua comparência à flash interview para legitimar um comportamento seu que corresponde a uma infração disciplinar, ter cumprido uma instrução ou recebido uma ordem do delegado da Liga ao jogo, transmitida através do diretor de imprensa do seu clube, pois tal pedido não corresponde nem a uma ordem nem a uma instrução. (...). O arguido Rui Vitória sabe que foi expulso pelo árbitro após o jogo no momento em que lhe é solicitado que compareça à flash. (...) Ao ser solicitado que comparecesse na flash, como está provado e nos termos em que foi, podia ter (devia) informado o solicitante que tinha sido expulso após o jogo e que, por isso, não podia comparecer na flash", pode ler-se no acordão do Conselho de Disciplina da FPF divulgado pelo referido jornal desportivo.

Conteúdo publicado por Sportinforma