Estoril 1-2 Benfica

28-02-2017 23:25

Rui Vitória: "Se o árbitro marcasse fora de jogo não me chocava"

Técnico dos 'encarnados' considera que o lance que originou o segundo golo de Mitroglou era difícil de ajuizar.
Rui Vitória
Foto: EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Rui Vitória, treinador do Benfica

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Rui Vitória considera que o lance que deu origem ao segundo golo do Benfica, e de Mitroglou, era "difícil de ajuizar", mas que nem por isso invalida a exibição da sua equipa, que, considera, venceu justamente o encontro frente ao Estoril.

"Foi um jogo bem conseguido da nossa parte diante de um bom adversário, que tentou dificultar a nossa tarefa. Ganhámos justamente porque foi um jogo de sentido único. Era isso que queríamos nesta primeira mão da meia-final", começou por analisar o técnico.

"Os pés estão em jogo, o corpo não, aceitava que o árbitro tivesse marcado fora de jogo, mas isso não belisca em nada aquilo que foi o jogo", acrescentou. "É um lance difícil, mas agora não vamos estar sempre a discutir todos os lances."

Sobre a decisão de trocar Rafa por Cervi: "O foco foi arranjar maior criatividade onde estava o Rafa. Temos muita riqueza, jogadores que acrescentam. O Rafa acelera muito, mudei porque precisávamos de um jogador mais criativo. Estávamos com a eliminatória praticamente na nossa mão. A intenção foi acrescentar mais qualquer coisa com o Cervi e com o Jiménez e acrescentámos, ganhámos justamente."

Sobre a falta de pontaria dos 'encarnados':"Fico irritado e triste quando os meus jogadores gastam energias e não fazem coisas palpáveis [golos]. Fazemos bons movimentos e depois não temos critério para fazer golo. Isso custa-me. Hoje construímos bem, mas depois faltou o golo."




Conteúdo publicado por Sportinforma