Benfica 3-3 Estoril

05-04-2017 22:30

Rui Vitória: "Estamos no Jamor onde muitos treinadores gostariam de estar"

O Benfica garantiu a presença na final da Taça de Portugal, mas não se livrou de um susto depois de ter empatado com o Estoril por 3-3 no Estádio da Luz.
Benfica-Estoril
Foto: Lusa

Benfica-Estoril

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Rui Vitória mostrou-se satisfeito por ver o Benfica carimbar a passagem à final da Taça de Portugal, mas sublinhou que não gostou de tudo da sua equipa. O Benfica empatou 3-3 em casa com o Estoril, depois de ter vencido por 2-1 na primeira-mão.

Análise ao jogo: "Conseguimos o que queríamos que era estar no Jamor, onde muitos treinadores gostariam de estar. Foi um bom jogo do ponto de vista do adepto neutro que gosta de espetáculo, mas para os treinadores não. E isso porque tínhamos possibilidade de ganhar de forma bem conseguidas o jogo começou a ter várias contingências que foram criando novos desafios e fomos dando respostas à altura".

Oito mexidas no onze: "Não faço mexidas para poupar. Tivemos várias limitações que nos condicionaram, não vou agora explicar todas minuciosamente. Fomos atrás dos jogadores que estavam disponíveis para este jogo, sabendo que ia ser intenso, já que o Estoril, com o novo treinador, sabia que esta era a sua última oportunidade. Tínhamos jogadores, como o Grimaldo que não jogava há quase cinco meses, vinha de uma paragem prolongada, mas tínhamos de o lançar, em função também do Eliseu estar limitado. Jonas nem era para ser convocado. Ao longo da época fomos tendo várias contrariedades. Mas neste jogo em concreto houve coisas que não gostamos".

Reedição da final de 2013 com o V. Guimarães: "Temos muito tempo para falar disso. Será um dia especial porque qualquer treinador ou equipa gostaria de estar no Jamor, desde criança que sinto isso. Estando lá, o objetivo passa por vencer. Defrontaremos uma bela equipa, mas teremos tempo para preparar essa final. Ainda há várias finais para conquistar até ao final da época. Mas sinto-me orgulhos por pisar aquele palco".

Baixas para Moreirense: "Vamos ver, se tudo evoluir bem, podemos ter alguns jogadores que não jogaram hoje. A ideia hoje também foi não arriscar em situações que sabíamos que nos podiam condicionar mais a frente. Vamos ver agora com o departamento médico, mas estou em crer que vamos ter mais opções frente ao Moreirense".

O Benfica garantiu a presença na final da Taça de Portugal, mas não se livrou de um susto depois de ter empatado com o Estoril por 3-3 no Estádio da Luz.

Conteúdo publicado por Sportinforma