Taça de Portugal

06-04-2017 13:35

Mitroglou nem jogou, mas foi decisivo no caminho para o Jamor

Golo do avançado grego fez a diferença no apuramento do Benfica para a final da Taça de Portugal.
Estoril Praia vs Benfica
Foto: © 2017 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Mitroglou festeja um dos golos ao Estoril

Por José Rafael Lopes sapodesporto@sapo.pt

O Benfica está na final da Taça de Portugal depois de ter empatado com o Estoril 3-3 no Estádio da Luz. Apesar da igualdade, os ‘encarnados’ beneficiaram do resultado da primeira mão para deixar a equipa de Pedro Emanuel no tapete e marcar viagem para o derradeiro jogo no Estádio do Jamor.

Apesar de ter feito três golos no Estádio da Luz, foi o golo de Mitroglou na primeira mão que acabou por ser o mais valioso, uma vez que foi o que fez a diferença a favor da equipa de Rui Vitória. Recorde-se de que, na primeira mão, o Benfica bateu a equipa da Linha na Amoreira por 2-1. Na altura, o golo do triunfo – que veio a ser decisivo na eliminatória – chegou por intermédio de Mitroglou já perto do final do encontro.


Veja o golo de Mitroglou que foi decisivo na eliminatória


O tento do avançado das ‘águias’ foi muito contestado pelos adeptos ‘estorilistas’, uma vez que o internacional grego estava em fora de jogo quando marcou o golo. A equipa de arbitragem não deu conta do adiantamento de Mitroglou e validou o tento que dava uma vantagem confortável para a segunda mão.

Recorde os melhores momentos do encontro da Primeira Mão:


No Estádio da Luz, o Estoril ainda conseguiu empatar a eliminatória quando Carlinhos fez o 2-1 a favor do Estoril no arranque da segunda parte. O Benfica, através de Jonas e Zivkovic colocou-se novamente com uma vantagem confortável, mas o tento de Bruno Gomes voltou a lançar a eliminatória visto que, com um golo, o Estoril podia eliminar o clube da Luz. Contudo, não se verificou mais nenhuma alteração no marcador.


Veja o resumo do jogo da Segunda Mão:


No final, o Benfica garantiu o regresso à final da Taça de Portugal três anos depois da última presença. Há três temporadas, a equipa orientada por Jorge Jesus jogou o derradeiro jogo no Jamor frente ao Vitória de Guimarães de Rui Vitória. O triunfo e o título acabaram por ir para o Minho depois de uma partida que terminou 2-1 a favor dos ‘vimaranenses’.

Conteúdo publicado por Sportinforma