Taça do Rei

25-01-2017 22:08

CR7 marca mas Real é afastado da Taça com golo de ex-jogador do Benfica

O Celta de Vigo junta-se assim ao Atlético Madrid e ao Alavés nas meias-finais.
Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Celta de Vigo empatou a duas bolas com o Real Madrid, em jogo da segunda-mão dos quartos-de-final da Taça do Rei. O resultado elimina os merengues que perderam na primeira ronda por 2-1. Ronaldo marcou um dos dois golos do Real que não vence há três partidas. O Celta de Vigo junta-se assim ao Atlético Madrid e ao Alavés nas meias-finais.

O Celta de Vigo entrou nos Balaidos em vantagem, depois de ter batido o Real na primeira-mão noo Bernabéu por 2-1. Para este jogo, Zidane teve de enfrentar muitas dificuldades para formar um onze, devido a onda de lesões no plantel merengue. O técnico francês escolheu o seguinte onze, onde se destacava Danilo a defesa central, ao lado de Sérgio Ramos: Casilla; Danilo, Casemiro, Sergio Ramos, Nacho, Isco, Kroos, Kovacic, Asensio, Cristiano Ronaldo e Benzema.

Guidetti deu o primeiro sinal de perigo junto da baliza de Keylor Navas aos oito minutos. A resposta merengue saiu da cabeça de Ronaldo, num lance em que já se gritava golo. Isco centrou, Roncaglia desviou para a própria baliza e obrigou Sérgio a desviar para a barra. A bola sobrou para CR7 mas este atirou ao poste, aos 25 minutos.

Aos 35 minutos os galegos voltaram a estar perto do golo. Uma asneira de Sergio Ramos deixou a bola em Iago Aspas que tentou servir o avançado Guidetti mas a defensiva merengue acabou por limpar a jogada. Da ameaça ao golo foi um instante. Num rápido contra-ataque, Guidetti rematou, Keylor Navas defendeu. A bola foi bater na canela de Danilo e acabou por entrar, aos 42 minutos. Infelicidade do defesa brasileiro que até estava a fazer um bom jogo.

O Real teve de correr atrás do (ainda mais) prejuizo e empatou o jogo aos 62 minutos, num grande livre de Cristiano Ronaldo. Sergio nada podia fazer para travar o remat do Melhor Jogador do Mundo.

A equipa de Zidane ficava assim a um golo de empatar a eliminatória. Os merengues carregaram sobre a baliza de Sergio e criaram muito perigo mas continuavam sem acertar com a baliza. O Celta de Vigo recuou, passou a defender o resultado com ´unhas e dentes`e a apostar no contra-ataque. Havia muito espaço para explorar, pelo que o golo poderia aparecer em qualquer baliza. Por esta altura já os técnicos tinham apostado tudo, com Zidane a lançar Mariano, Morata e Vasquez.

Apareceu na do Real Madrid aos 85 minutos, num remate de Daniel Wass, ex-Benfica. Um remate colocado que Keylor Navas não conseguiu travar. Mas ainda havia mais. Aos 92 minutos, Lucas Vazquez aproveitou um canto para empatar o jogo, deixando a eliminatória em suspense já que mais um golo dava o apuramento aos merengues. Mas não havia mais tempo. O empate apura o Celta de Vigo graças a vitória no Bernabéu na primeira mão.

O Celta de Vigo junta-se assim ao Atlético Madrid e ao Alavés nas meias-finais. O Barcelona tenta também ganhar um lugar nas meias-finais quando defrontar a Real Sociedade esta quinta-feira. Os culés venceram na primeira mão fora por 1-0.

Conteúdo publicado por Sportinforma