Futebol / França

03-01-2016 23:05

Com ajuda de Rolando, Marselha afasta Caen da Taça de França

O encontro foi resolvido nas grandes penalidades.
Rolando
Foto: NICOLAS TUCAT / AFP

Rolando converteu um dos penáltis.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Olympique de Marselha eliminou este domingo o Caen da Taça de França de futebol, em jogo que precisou de ir a desempate por grandes penalidades, após 0-0 nos 90 minutos regulamentares e prolongamento.

O Caen, atual quarto classificado no campeonato, teve mais ocasiões e dominou o jogo, que se disputou no seu estádio, mas acabou por se desgastar mais já que jogou reduzido a dez a partir dos 61 minutos, por expulsão de Rekik.

O português Rolando entrou aos 64 no Marselha e acabou por influir no desfecho desta eliminatória dos 32 avos de final, ao converter a segunda das três grandes penalidades com que os visitantes se apuraram (3-1).

Diarra fez o primeiro do Marselha e Ben Youssef falhou para o Caen, após o que Rolando fez o 2-0.

Yahia ainda reduziu, antes de Batshuayi fazer o 3-1 e Bessat atirar para defesa do guarda-redes.

O Mónaco, de Leonardo Jardim, também se apurou, num jogo em que a equipa monegasca goleou o Saint-Jean Beaulieu, do quarto escalão, por 10-2.

Com Ricardo Carvalho, João Moutinho, Bernardo Silva e Hélder Costa a titulares e Ivan Cavaleiro no banco, a grande figura começou por ser o costa-marfinense Lacina Traore, com quatro golos na primeira parte.

Raggi marcou aos 29 minutos e Traore aos 21, 31, 33 e 45, momento em que foi expulso, bem como Mariotti nos visitantes, deixando os dois conjuntos reduzidos a dez jogadores na segunda metade do jogo.

Foi uma etapa em que os golos continuaram (mais sete), com o Mónaco a marcar ainda por Bahlouli (48) Fabinho, duas vezes de grande penalidade (52 e 87), Hélder Costa (55), emprestado pelo Benfica, e Mario Pasalic (81).

A equipa do Saint-Jean ainda reduziu para 8-1 por Arthur Lebalnc (76) e para 9-2 por Poul Nardi (83), num resultado que acabou fixado em 10-2.

O campeão Paris Saint-Germain foi ao norte para jogar contra o Wasquehal, do quarto escalão, e cumpriu os serviços mínimos, triunfando por 1-0, com um golo do 'inevitável' Ibrahimovic.

O avançado sueco marcou aos 61 minutos, de cabeça e de costas para a baliza, mostrando toda a sua versatilidade nas ações ofensivas.

A goleada do dia de equipas visitantes pertenceu ao Olympique de Lyon, do guarda-redes português Anthony Lopes - 7-0 sobre o Limoges, do quinto escalão.

Maxwell Cornet e Rachid Ghezall marcaram dois golos cada, pertencendo o resto da goleada a Beauvue, Darder e Tolisso.

Em outros jogos da tarde também o Lille (venceu por 1-0 o Amiens, da quarta divisão) e o Guingamp (bateu o Chantilly, do quinto escalão, por 5-0) seguiram em frente.

Conteúdo publicado por Sportinforma