Manchester United

13-03-2017 22:49

Mourinho: "Neste momento o Judas é o número 1"

O treinador português não gostou dos cânticos entoados em Stamford Bridge contra si e respondeu às provocações ao seu estilo.
José Mourinho e Antonio Conte durante o jogo da Taça de Inglaterra entre Chelsea e Manchester United
Foto: EPA/Will Oliver

José Mourinho e Antonio Conte durante o jogo da Taça de Inglaterra entre Chelsea e Manchester United

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O regresso de José Mourinho a Stamford Bridge foi tudo menos pacífico. Os adeptos do Chelsea não se cansaram de entoar cânticos contra o técnico português, nomeadamente chamando Mourinho de 'Judas'.

No entanto, o treinador do Manchester United não deixou os adeptos do Chelsea sem resposta e no final do jogo recordou que é o único técnico que venceu três títulos de campeão inglês para o emblema londrino.

"Podem chamar-me o que quiserem, sou um profissional. Defendo o meu clube e, até terem um treinador que ganhe quatro campeonatos, serei o número 1. Quando tiverem alguém que ganhe quatro campeonatos, então serei o número 2. Mas neste momento o Judas é o número 1", afirmou José Mourinho.

"A única questão é que nós estamos nas competições europeias e eles não. Podiam estar, porque quando saí do clube deixei-os na Liga dos Campeões, vencedores do grupo e qualificados para a fase a eliminar. Por isso se tivessem ganho a Champions no ano passado estariam agora a jogar na Europa. Não tenho culpa. A culpa é de quem ficou cá e não se qualificou para a Liga dos Campeões", acrescentou ainda José Mourinho sobre o facto do Chelsea estar fora das competições europeias ao passo que o Manchester United ainda disputa a Liga Europa.

Conteúdo publicado por Sportinforma