Futebol de praia

17-04-2017 18:54

Madjer: "Somos o principal alvo a abater no Mundial"

Capitão da equipa das quinas espera dificuldades no Mundial das Bahamas, mas confia na revalidação do título.
Madjer
Foto: Lusa

Madjer, capitão de Portugal

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A dez dias do arranque do Mundial de futebol de praia, nas Bahamas, Madjer é o porta-voz da confiança que tem existido na Seleção Nacional. Em declarações ao site oficial da FPF, o capitão da equipa das quinas, atual campeã mundial e europeia, acredita na revalidação do título, mas considera que o favoritismo de Portugal torna-o num alvo a abater por parte das outras seleções em prova.

"O objetivo é ser campeão do Mundo. Sei que é difícil, mas não é impossível. Nós já o provámos por duas vezes", disse Madjer, numa entrevista conduzida por Alan, também ele jogador da Seleção.

"Vamos encontrar muitas dificuldades, porque, cada vez mais, as equipas trabalham com o intuito, não só de participar, mas de chegar o mais longe possível. Além disso, por sermos campeões do Mundo, somos um alvo a abater, aliás, somos o principal alvo a abater", garantiu o capitão luso.

Madjer afirmou, com humor, que continuará com a camisola das quinas durante "mais uns anos", isto depois de ter atingido a marca dos 1000 golos, por 'imposição' de Mário Narciso, selecionador nacional da modalidade.

"Cheguei a um marco histórico e foi-me dito que tinha de continuar. Eu queria já parar, mas ele não me deixa. Por isso, tenho que jogar mais uns anos", afirmou.

O Campeonato do Mundo decorre nas Bahamas entre 27 de abril e 7 de maio.

Conteúdo publicado por Sportinforma