João Matos

25-01-2010 21:13

“Ainda não perdemos nada”

Apesar dos resultados menos conseguidos, Portugal está nos quartos-de-final do campeonato da Europa de futsal. João Matos considera que ainda há “muito campeonato pela frente” para a selecção nacional mostrar o seu valor.
“Ainda não perdemos nada”

Por Miguel Henriques, em Budapeste sapodesporto@sapo.pt

O fixo do Sporting foi um dos jovens chamados por Orlando Duarte para este campeonato Europeu de futsal na Hungria.

O internacional português teve ontem a oportunidade, diante da Espanha, de se estrear nesta competição. João Matos afirmou, esta segunda-feira, estar agradado com sua exibição, mas triste pela derrota: “Entrei com um pouco de falta de confiança, dada a minha ausência no estágio por lesão, mas não correu mal. No entanto, o que interessa é o colectivo e o resultado final e está à vista de todos, uma derrota”.

No que diz respeito aos resultados alcançados (um empate uma derrota), o jogador leonino diz que a equipa está consciente daquilo que tem feito, mas acredita que o grupo pode dar a volta por cima já amanhã diante da Sérvia: “Temos consciência dos maus resultados que fizemos e, acima de tudo, das más exibições que fizemos. Já reunimos e já falámos. Todos temos que remar para o mesmo lado para assim atingirmos o patamar que queremos. Qualidade só não chega, tem que haver muita união, muita disponibilidade e capacidade de sofrer. Só assim é que conseguiremos chegar onde queremos, atingir o topo”.

Para o jogo desta terça-feira frente à Sérvia, João Matos revela que a lição está bem estudada, agora falta aplicá-la dentro de campo: “Na análise que fizemos à Sérvia, sabemos como temos que jogar e que abordagem de jogo temos de ter em termos ofensivos. Agora, temos de aplicar o que estudamos e não apenas sabê-lo na teoria.

O Sérvia – Portugal joga-se no Papp László Sportaréna, em Budapeste, esta terça-feira às 18.30.